Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Unicef alerta que terremoto no Equador deixou 120 mil crianças sem escola

Publicado em 27/04/2016 - 07:22

Por Da Agência Lusa Nova York

Prédios inteiros de Portoviejo, capital da província de Manabi, foram destruídos pelo terremoto que assolou cidades costeiras do Equador no dia 16 de abril

Prédios inteiros de Portoviejo, capital da província de Manabi, foram destruídos pelo terremoto que assolou cidades costeiras do Equador no dia 16 de abrilCésar Muñoz/Agência Andes

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) alertou que o tremor de terra que atingiu o Equador, no dia 16 de abril, destruiu 280 escolas e deixou 120 mil crianças sem acesso à educação. A instituição está dando apoio ao governo equatoriano para que os alunos das áreas mais afetadas, cerca de 20 mil, possam ter aulas em tendas.

A agência da ONU estima que são necessários mais de US$ 23 milhões para atender às necessidades das crianças, incluindo o fornecimento de água potável, saneamento, a educação, saúde e proteção para os próximos meses.

“A escola é um salva-vidas para as crianças que passaram pelo trauma e destruição”, afirmou o representante do Unicef no Equador, Grant Leaity, acrescentando que a escola cria uma rotina diária e um sentido de futuro para a recuperação psicológica dos estudantes.

O coordenador humanitário da ONU no Equador, Diego Zorrilla, disse que se trata do maior desastre na região desde o tremor no Haiti, em 2010.

O terremoto de 16 de abril no Equador deixou 655 mortos, 41 desaparecidos e milhares de feridos e desalojados.

A ONU espera conseguir US$ 72,7 milhões de ajuda internacional para ajudar 350 mil pessoas nos próximos três meses.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas notícias