Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Guerra “terminou”, diz presidente da Colômbia ao receber Nobel da Paz

Juan Manuel Santos doará o prêmio às vítimas do conflito com as Farc

Publicado em 10/12/2016 - 14:43

Por Felipe Pontes* - Repórter da Agência Brasil Brasília

Juan Manuel Santos, presidente da Colômbia

Juan Manuel Santos, presidente da ColômbiaEPA/Olivier Douliery/ Agência Lusa

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, afirmou hoje (10), na cerimônia em que recebeu o Prêmio Nobel da Paz, em Oslo, na Noruega, que a guerra em seu país “terminou”.

“Após seis anos de intensas e difíceis negociações, posso anunciar ao mundo com profunda humildade que o povo da Colômbia está fazendo o possível e o impossível. A guerra que causou tanto sofrimento e angústia a nossa população terminou”, disse Santos após receber o prêmio de 8 milhões de coroas suecas (R$ 2,9 milhões).

Ele doará o prêmio às vítimas do conflito, que em cinco décadas deixou 220 mil mortos e forçaram mais de 6 milhões de pessoas a fugir, segundo os dados oficiais. Sete vítimas da guerra estiveram presentes na cerimônia, entre elas a ex-candidata à presidência Ingrid Bittencourt, que foi sequestrada e ficou seis anos sob poder de guerrilheiros.

Santos recebeu o Prêmio Nobel ainda que um primeiro acordo de paz entre seu governo e as Forças Revolucionárias da Colômbia (Farc) tenha sido rejeitado pelo povo colombiano em um referendo realizado no início de outubro.

Um novo acordo para encerrar o conflito, assinado entre o governo colombiano e as Farc, foi ratificado no início deste mês pelo Parlamento colombiano, e Santos anunciou que o novo texto não será submetido a consulta popular.

Nenhum representante das Farc compareceu à cerimônia do Prêmio Nobel da Paz, sob a alegação de impedimentos legais. À época do anúncio de Santos como vencedor, o líder do movimento guerrilheiro, Timoléon Jiménez, cumprimentou o presidente colombiano por seus esforços de paz.

Bob Dylan

O cantor Bob Dylan foi a principal ausência na cerimônia de entrega dos Prêmios Nobel, segundo a Agência Ansa. Em mensagem, que foi lida em público, o vencedor do Prêmio Nobel de Literatura agradeceu a academia sueca pelo título. "Lamento não poder estar com vocês pessoalmente, mas, por favor, saibam que estou definitivamente com vocês em espírito e honrado em receber um prêmio tão prestigioso", disse Dylan.

A mensagem foi lida por Azita Raji, embaixadora norte-americana na Suécia. Na entrega do Nobel, a cantora Patti Smith interpretou a canção de Dylan "A Hard Rain's A Gonna Fall". Dylan demorou para aceitar o prêmio de 8 milhões de coroas suecas (US$ 870 mil), o que frustou a academia, que anunciou seu nome para o Nobel de Literatura em 13 de outubro. 

*Com informações das Agências Telam, France Presse e Ansa Brasil // Ampliada em 11/12/2016 às 19h36

Edição: Aécio Amado

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas notícias