Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Crescimento de Portugal pode ficar acima de 2,5% este ano, diz União Europeia

Publicado em 18/07/2017 - 17:08

Por Da Agência Lusa Lisboa

Pierre Moscovici (E), da Comissão Europeia, troca um aperto de mãos com o primeiro-ministro de Portugal, Antonio Costa (D)

Pierre Moscovici (E), da Comissão Europeia, troca um aperto de mãos com o primeiro-ministro de Portugal, Antonio Costa (D) Antonio Cotrim/Agência Lusa

O comissário europeu dos Assuntos Econômicos, Pierre Moscovici, afirmou hoje (18) em Lisboa que "o progresso de Portugal é muito impressionante", antecipando um crescimento "acima de 2,5%" este ano e deixando uma mensagem de confiança no país. A informação é da agência Lusa.

Numa visita de um dia a Portugal e entre a reunião com o governador do Banco de Portugal e o encontro com o primeiro-ministro português António Costa , Moscovici deu uma coletiva de imprensa para contar "a tremenda história de sucesso" que a Comissão Europeia quer que Portugal seja na Europa.

"O progresso de Portugal é muito impressionante", disse o comissário europeu, que prevê que o déficit do país seja de 1,8% este ano e que o crescimento econômico "ficará provavelmente acima de 2,5% este ano".

Nas últimas previsões, a Comissão Europeia já tinha melhorado as suas projeções para os lusitanos, antecipando que o Produto Interno Bruto (PIB) crescesse 1,8% este ano e que o déficit orçamental se reduzisse também para os 1,8% do PIB.

Recuperação

Na frente econômica, a prioridade deve ser transformar a recuperação portuguesa “num crescimento duradouro", disse Moscovici, o que considerou ser possível, tendo em conta "a quantidade e a qualidade das exportações, o regresso do investimento e a explosão do turismo" e também o fato de "a zona euro estar a ficar mais forte".

"Estou otimista, estou impressionado. Os sinais de que a economia portuguesa está numa situação sólida são muito fortes", afirmou ele, acrescentando no entanto que "estes esforços têm de ser continuados e que é preciso resolver o problema das desigualdades".

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas notícias