Você está aqui

Na ONU, Temer tem encontros com representantes de Israel, Egito e Palestina

  • 19/09/2017 22h01publicação
  • Brasílialocalização
Da Agência Brasil
Temer na ONU

O presidente Michel Temer durante a 72ª Assembleia Geral das Nações Unidas  Reprodução NBR

Em encontro bilateral com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, em meio à 72ª Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova York, o presidente Michel Temer apresentou hoje (19) ao colega israelense o Programa de Parcerias de Investimento (PPI), que prevê uma série de projetos de concessões e privatizações.

No encontro, Temer manifestou interesse do governo de que empresários israelenses participem dos leilões de empresas públicas brasileiras. Segundo a Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República, Netanyahu prometeu visitar o Brasil em abril do ano que vem e que na ocasião virá acompanhado de uma "grande comitiva" de empresários. Além disso, Netanyahu disse que o Brasil se tornou um poder global.

Além de Netanyahu, Temer também se encontrou hoje com os presidentes do Egito, Abdel Fattah El-Sisi, e do Estado da Palestina, Mahmoud Abbas, e com o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres.

O presidente do Egito elogiou as reformas brasileiras, disse que quer conhecê-las com mais detalhes, em especial, a Proposta de Emenda Constitucional do Teto dos Gastos. Temer tem intenção de vender aviões da Embraer para o Egito e esse também foi um tema da conversa entre os dois chefes de Estado.

O secretário-geral das Nações Unidas elogiou o fato do Brasil não ter conflitos na ONU e disse que o diálogo brasileiro ajuda a diplomacia internacional. No encontro bilateral com o presidente do Estado da Palestina, Temer também convidou  Abbas para visitar o Brasil.

 

Edição: Fábio Massalli