Você está aqui

Nate mata 13 na Nicarágua e se transforma em furacão categoria 1

  • 07/10/2017 08h46publicação
  • Manágua e Washingtonlocalização
Da EFE*

Pelo menos 13 pessoas morreram e uma está desaparecida na Nicarágua, em consequência dos efeitos da tempestade tropical Nate e pelas fortes chuvas próprias da temporada. A tempestade se transformou em furacão categoria 1 no Golfo do México. A informação é da Agência EFE.

A vice-presidenta e primeira-dama nicaraguense, Rosario Murillo, disse hoje (7) que um jovem de 16 anos morreu afogado em uma lagoa no litoral Pacífico, no Departamento de Chinandega.

Família isolada em casa por cheia de rio

Cheia de rio após a passagem da tempestade Nate deixa família isolada em sua casa na comunidade de Iguanal, em Rivas (Nicarágua)Jorge Torres/EFE

"Com Darwin Antonio Chévez, de 16 anos, já são 13 pessoas mortas e um desaparecido", disse Rosario, ao ler um resumo dos prejuízos causados pelo Nate e as fortes chuvas próprias da temporada. As autoridades informaram que 3.759 famílias estão fora de suas casas, em 58 dos 153 municípios da Nicarágua.

Mais de 3,5 mil moradias foram afetadas, entre elas 3.441 inundadas, 48 semidestruídas, 20 destruídas e 15 em risco de entrar em colapso, segundo o Sistema Nacional de Prevenção e Atenção a Desastres (Sinapred).

A tempestade também provocou inúmeros prejuízos em infraestrutura, no fornecimento de energia elétrica e no serviço de água potável. A passagem de cargas pesadas pelo posto de Penas Brancas, fronteira com a Costa Rica, segue suspensa.

O Nate impactou a costa leste da Nicarágua ontem pela manhã, com ventos máximos sustentados de 65km/h, segundo o Instituto Nicaraguense de Estudos Territoriais (Ineter). Por enquanto, as autoridades da Nicarágua mantêm o alerta amarelo de prevenção e a suspensão das aulas nos colégios do país.

Furacão categoria 1

Ao chegar ao Golfo do México, a tempestade tropical se fortaleceu até virar um furacão de categoria 1, com ventos máximos de 120km/h, segundo o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (CNH).

O Nate está localizado a 150 quilômetros do extremo oeste de Cuba e a cerca de 800 quilômetros da foz do rio Mississipi.

Segundo o CNH, o Nate se desloca a cerca de 35km/h e tinha ganhado força em sua passagem pela Península de Yucatán, após ter deixado fortes chuvas na América Central, deixando pelo menos 20 mortos.

*É proibida a reprodução total ou parcial desse material. Direitos Reservados

Edição: -