Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Lavrov diz que expulsão de diplomatas se deve à pressão dos Estados Unidos

O chanceler russo afirmou que o país responderá às medidas adotadas

Publicado em 27/03/2018 - 08:56

Por Da Agência EFE* Moscou

O ministro de Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, disse nesta terça-feira (27) que a expulsão em massa de diplomatas russos de países ocidentais se deve à "pressão e à chantagem colossal" por parte dos Estados Unidos (EUA).

"Sabemos, com toda certeza, que é o resultado de uma pressão colossal, uma chantagem colossal, que agora infelizmente é o principal instrumento de Washington na cena internacional", afirmou Lavrov no Uzbequistão, onde participa de conferência sobre o Afeganistão, segundo informam os veículos de imprensa russos.

O chanceler acrescentou que na Europa restam poucos "países independentes" e assegurou que a Rússia responderá às medidas adotadas contra sua diplomacia em relação ao caso do envenenamento do ex-espião Sergei Skripal e sua filha em Salisbury (sul da Inglaterra).

"Responderemos, não duvidem, ninguém quer aguentar grosserias como essas, e nós também não as suportaremos", manifestou o chanceler em Tashkent.

A Rússia prometeu responder de maneira "recíproca" às expulsões de mais de 100 diplomatas, ordenadas por mais de 20 países ocidentais em represália pelo envenenamento do ex-espião.

*É proibida a reprodução total ou parcial desse material. Direitos Reservados.

Edição: -

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas notícias