Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Líder do PCC no Paraguai, traficante brasileiro é preso em Assunção

Publicado em 18/07/2018 - 20:23

Por Agência EFE Assunção

Apontado como um dos principais líderes do Primeiro Comando da Capital (PCC) no Paraguai, o traficante brasileiro Eduardo Aparecido de Almeida, conhecido como Pisca, foi preso nesta quarta-feira (18) em uma casa de luxo em Assunção, junto com um agente da polícia local que o protegia.

Procurado pela Justiça brasileira por diversos crimes, Almeida, de 39 anos, foi acusado de ser um dos responsáveis, em 2006, pelo sequestro da mãe do ex-lateral Kléber, que na época defendia o Santos e passou também por Corinthians e Internacional, entre outros clubes.

O ministro da Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai, Hugo Vera, afirmou que o brasileiro era o terceiro principal líder do PCC no Paraguai e na Bolívia. Ele também disse que não consta nenhum registro de entrada do traficante em território paraguaio, o que leva a crer que este usou documentos falsos para ingressar no país.

Hugo Vera afirmou que está em trâmite o processo de "expulsão rápida" de Almeida para o Brasil.

Durante a operação policial que levou à prisão do traficante, Almeida tentou fugir pelos fundos da casa, localizada no bairro Herrera, perto da sede da Controladoria-Geral da República, mas foi interceptado.

Edição: Nádia Franco

Deseja fazer algum tipo de manifestação?

Favor copiar o link do conteúdo ao apresentar sua sugestão, elogio, denúncia, reclamação ou solicitação.

Últimas notícias