Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Brasil condena ataque a mísseis contra Israel

Em nota, Itamaraty diz que nada justifica o disparo de foguetes

Publicado em 14/03/2019 - 20:46

Por Pedro Rafael Vilela - Repórter da Agência Brasil Brasília

O Ministério das Relações Exteriores emitiu uma nota oficial na noite de hoje (14) condenando a tentativa de ataque militar contra Israel. As Forças Armadas israelenses confirmaram, mais cedo, que que dois foguetes foram lançados contra a cidade de Tel Aviv, ambos oriundos da Faixa de Gaza, na Palestina. Um dos mísseis foi interceptado por uma bateria anti-aérea israelense e o outro caiu em uma área despovoada. Não há registro de feridos ou danos materiais.  

"Nada pode justificar o disparo indiscriminado de foguetes contra centros urbanos, em ataques que têm como alvo a população civil. O governo brasileiro destaca a eficácia do sistema  'Iron Dome' de Israel, que interceptou um dos projéteis (o outro caiu em área despovoada), e insta os grupos que controlam a Faixa de Gaza a colocarem fim aos ataques", diz a nota do Itamaraty. 

Segundo a imprensa local, trata-se do primeiro ataque militar de palestinos contra Israel desde 2014, quando iraelenses lançaram bombardeios contra a Faixa de Gaza, na tentativa de atingir integrantes do grupo Hamas, e que resultaram na morte de centenas de pessoas.

O ataque de hoje ocorre a três semanas das eleições gerais em Israel. O primeiro-ministro israelense, Binyamin Netanyahu, que também detém o cargo de ministro da Defesa do país, convocou uma reunião de emergência para discutir o ataque. 

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, participa de encontro com a comunidade judaica do Rio e amigos cristãos de Israel, no Hotel Hilton em Copacabana.
O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, durante visita ao Rio de Janeiro, no Hotel Hilton em Copacabana. - Tânia Rêgo/Agência Brasil
Edição: Renata Giraldi

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas notícias