Digite sua busca e aperte enter

O logotipo da marca Huawei é visto acima de uma loja da fabricante de equipamentos de telecomunicações em Pequim REUTERS/Thomas Peter/Direitos Reservados

Compartilhar:

Huawei processa judicialmente o governo americano

Publicado em 07/03/2019 - 08:49

Por Agência Brasil* Brasília

A gigante chinesa de tecnologia Huawei anunciou que está processando judicialmente o governo dos Estados Unidos (EUA) pela proibição oficial de que órgãos federais adquiram seus produtos.

O presidente em exercício do Conselho de Administração, Guo Ping, e outros dirigentes da Huawei comunicaram o início do processo, durante entrevista coletiva nesta quinta-feira (7), na sede do conglomerado, na cidade chinesa de Shenzhen.

Guo Ping explicou que o objetivo é questionar a constitucionalidade de um artigo da Lei de Autorização da Defesa Nacional, que foi promulgada no ano passado.

O artigo proíbe órgãos do governo federal de usar qualquer equipamento fabricado pela Huawei. Os Estados Unidos dizem que a medida tem o objetivo de prevenir vazamentos de informações confidenciais.

O presidente da Huawei informou que a petição judicial, apresentada ontem (6) em um tribunal federal no Texas, pede a revogação do artigo.

Guo Ping afirmou que os EUA não apresentaram nenhuma prova capaz de justificar as restrições aos produtos Huawei, e que a lei foi promulgada sem dar chance de defesa ao conglomerado. Acrescentou que o artigo viola direitos da empresa e, no fim das contas, é prejudicial aos consumidores americanos.

Recentemente foi divulgado que a executiva-chefe da Huawei, Meng Wangzhou, ingressou com ação para obter indenização do governo do Canadá e outras entidades, com o argumento de ter sido interrogada injustamente antes de ser detida em dezembro.

*Com informações da NHK (emissora pública de televisão do Japão)

Edição: Graça Adjuto

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas notícias