Digite sua busca e aperte enter

REFILE - CORRIGINDO TIPO Bombeiros ficam em frente às torres de um arranha-céu abrigando embaixadas, após uma ameaça de bomba, em Madri, Espanha, em 16 de abril de 2019. REUTERS / Juan Medina JUAN MEDINA

Compartilhar:

Ameaça de bomba leva polícia a esvaziar edifício em Madri

Publicado em 16/04/2019 - 09:20

Por Agência Brasil* Brasília

Uma ameaça de bomba em um dos maiores edifícios espanhóis, em Madri, levou a polícia a retirar as pessoas que estavam no local. Trata-se da Torrespacio, que tem 235 metros de altura e 57 andares. É o quarto edifício mais alto da Espanha e o 24º mais alto da Europa.

No prédio ficam algumas representações diplomáticas, como a do Reino Unido, do Canadá, e da Austrália, onde teria sido dado o alerta de ameaça de bomba às 2h15 locais (menos uma hora de Portugal).

No Twitter, a polícia confirmou a evacuação do edifício por motivo de segurança. As autoridades pediram ainda às pessoas para evitar as imediações do local. A área em torno está isolada e a circulação de automóveis próximo à torre foi interrompida durante alguns minutos.

De acordo com a Reuters, que cita fonte da polícia, a retirada das pessoas aconteceu após uma chamada com uma ameaça de bomba. Estariam na torre cerca de 2 mil pessoas.

A evacuação terminou menos de uma hora depois do alerta e ocorreu sem problemas. Não foram registrados feridos.

Muitas pessoas pensavam tratar-se de uma simulação e só perceberam o que se passava quando viram entrar no edifício equipes antiterroristas, especialistas em armadilhas e explosivos, e cães.

No local estão cinco equipes de bombeiros da Câmara de Madri e ambulâncias do Samur- Proteção Civil, de prevenção.

A Torrespacio integra um complexo empresarial, conhecido por Cuatro Torres Business Area Madrid, que engloba mais três torres e que foi inaugurado em 2008. Foi também a primeira torre a ser construída e a ficar completa.

Além das embaixadas da Austrália, do Canadá e do Reino Unido, a Torrespacio sedia a Associação da Banca Espanhola (AEB) e empresas como a Red Bull e a Equifax.

Mais de 90% da torre, propriedade do grupo Filipino Emperador, estão ocupados. Além dos 57 andares, existem mais seis de estacionamento com 1.270 vagas.

Edição: Graça Adjuto

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas notícias