Digite sua busca e aperte enter

Police officers search for the dead in the destroyed Mudd neighborhood after Hurricane Dorian hit the Abaco Islands in Marsh Harbour, Bahamas, September 10, 2019. REUTERS/Marco Bello REUTERS/Marco Bello/direitos reservados

Compartilhar:

Dorian: cerca de 2.500 pessoas continuam desaparecidas nas Bahamas

Publicado em 12/09/2019 - 09:39

Por RTP (emissora pública de televisão de Portugal) -

“Atualmente, cerca de 2.500 pessoas [constam] do registo de desaparecidos” devido furacão Dorian, nas Bahamas, disse o porta-voz da Agência de Gestão de Emergências das Bahamas (NEMA, na sigla inglesa), Carl Smith.

O responsável acrescentou que esta lista não foi comparada com os registos governamentais das pessoas em abrigos ou deslocadas.

Na terça-feira, Carl Smith explicou que 4.500 pessoas foram deslocadas das suas casas nas ilhas Abaco e Grande Bahama, as mais devastadas após a passagem do furacão.

Em conferência de imprensa, o porta-voz da NEMA referiu que a maioria teve de se deslocar para Nassau, a capital deste arquipélago das Caraíbas.

O Dorian, que no último fim de semana deixou mais de 200 mil pessoas sem luz na costa atlântica do Canadá, devastou primeiro o arquipélago das Bahamas com chuvas torrenciais.

Segundo o primeiro-ministro do arquipélago, Hubert Minnis, 60% de Marsh Harbour, a principal cidade das Ábaco ficou destruída.

Os ventos fortes e as águas castanhas e lamacentas destruíram e danificaram milhares de casas incapacitando a atividade de hospitais e deixando muitas pessoas presas em sótãos.

Edição: -

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas notícias