Você está aqui

Eduardo Jorge pede adiamento do início da propaganda eleitoral

  • 14/08/2014 19h43publicação
  • 14/08/2014 20h07atualização
  • Brasílialocalização
André Richter - Repórter da Agência Brasil

banner_eleições

O candidato do PV à Presidência da República, Eduardo Jorge, protocolou hoje (14), no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pedido para que o início da propaganda eleitoral no rádio e televisão seja adiado por três dias. O horário eleitoral começa na terça-feira (19) e vai até 2 de outubro.

Segundo Eduardo Jorge, o adiamento é necessário para permitir que a coligação de Eduardo Campos possa adaptar os programas que seriam veiculados. Campos morreu ontem em um acidente aéreo no litoral paulista. “A medida significa respeito ao luto das famílias atingidas pela tragédia e ao pesar do povo brasileiro. Podemos ter, assim, um interregno necessário para dar início ao debate político tão essencial à nossa democracia”, defendeu o candidato.

Em outro caso, o TSE rejeitou hoje recurso da Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) para limitar participação de candidatos em debates com base em critérios prévios. Segundo o tribunal, todos os candidatos de partidos com representação na Câmara dos Deputados devem participar.

O texto foi alterado às 20h07 para correção de informação no primeiro parágrafo: o horário eleitoral começa terça-feira (19) e vai até 2 de outubro, e não até 2 de agosto

Edição: Nádia Franco