Você está aqui

Temer comemora arrecadação com blocos de petróleo "muito acima do esperado"

  • 27/09/2017 16h14publicação
  • Brasílialocalização
Yara Aquino - Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro - A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) realiza, no Windsor Barra Hotel, na Barra da Tijuca), a 14 Rodada de Licitações de Petróleo e Gás (Tânia Rêgo/Agência Brasil)

Rio de Janeiro - A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) realiza a 14ª Rodada de Licitações de Petróleo e Gás (Tânia Rêgo/Agência Brasil)

Na rede social Twitter, o presidente Michel Temer registrou que foi “muito acima do esperado” a arrecadação de R$ 3,842 bilhões em bônus de assinatura com a 14ª rodada de licitação de blocos exploratórios de petróleo promovida hoje (27) pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), no Rio de Janeiro.

A mensagem diz que a licitação mostra a retomada da confiança no Brasil, a exemplo do comentário feito mais cedo sobre o leilão das usinas hidrelétricas operadas pela Cemig. “A 14ª rodada de licitações de óleo e gás rendeu quase R$ 4 bilhões em bônus, muito acima do esperado. A confiança está de volta!”, diz o texto.

Os blocos mais concorridos foram os da Bacia de Campos, no litoral fluminense, onde oito dos 10 que foram ofertados foram arrematados pelo consórcio Petrobras/ ExxonMobil. As duas empresas, em consórcio, pagaram R$ 2,240 bilhões pelo bloco Campos Marítimos 346 (BC-346), uma das áreas mais disputadas da 14ª Rodada e o maior bônus de assinatura.

O investimento mínimo total nos blocos arrematados será de R$ 571 milhões. No total, a ANP ofertou 287 blocos exploratórios em 29 setores de nove bacias sedimentares do país.

Edição: Fernando Fraga