Digite sua busca e aperte enter

Brasília - Deputado Jair Bolsonaro fala com a imprensa sobre ter virado réu no STF pela declaração de que "não estupraria Maria do Rosário porque ela não merece" (Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil) Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Compartilhar:

Bolsonaro defende melhoria do ensino no Brasil

Ele reiterou o fim da ideologia nas salas de aula

Publicado em 31/12/2018 - 09:37

Por Carolina Gonçalves - Repórter da Agência Brasil Brasília

A um dia da posse, o presidente eleito, Jair Bolsonaro, usou hoje (31) o Twitter para defender a melhoria da educação no país. Na rede social, ele reiterou o discurso de campanha pelo fim da ideologia nas salas de aula.

“Uma das metas para tirarmos o Brasil das piores posições nos rankings de educação do mundo é combater o lixo marxista que se instalou nas instituições de ensino”, escreveu o presidente eleito.

O ministro da Educação será o filósofo de origem colombiana Ricardo Vélez Rodríguez. “Junto com o ministro da Educação e outros envolvidos vamos evoluir em formar cidadãos e não mais militantes políticos”, acrescentou Bolsonaro.

Agenda

Diante de um dia intenso como o previsto para amanhã (1º), com sua posse como presidente da República, Bolsonaro deve passar o dia hoje na residência oficial da Granja do Torto, em Brasília.

Desde ontem (30), o presidente eleito está reunido no local com a família, além da futura primeira-dama, Michelle Bolsonaro, e dos cinco filhos. Muitos parentes vieram de Eldorado, cidade do interior paulista. Assessores não divulgaram nomes, mas estão confirmadas para a posse a mãe, Olinda, de 89 anos, e o único irmão do presidente eleito, Renato.

A cerimônia de posse amanhã será extensa. Começa por volta das 14h com desfile na Esplanada dos Ministérios, dois discursos, e vai até os cumprimentos no Palácio Itamaraty, por volta das 21h.

Populares

Ao longo de toda a manhã, populares se concentravam em frente à residência na esperança de ver o presidente eleito. De Garanhuns, a funcionária pública Wilma Carla, no local pelo segundo dia. “Saí daqui ontem às 2h e voltei cedo hoje. Queria ver o presidente de perto”, disse.

Vinte Viaturas da Polícia Militar de Brasília e oito motos precorrem o trajeto Granja do Torto-Congresso de amanhã. Segundo os agentes ainda não há definições e Bolsonaro pode inclusive decidir ir de helicóptero para a posse por medida de segurança. Desde cedo, helicópteros da PF e o presidencial sobrevoam a região.

Visita

Um dos maiores aliados de Bolsonaro, o deputado federal Hélio Negão (PSL-RJ), esteve esta manhã na Granja do Torto. O portão chegou a ficar aberto por 10 minutos, enquanto o parlamentar falava com as pessoas no local.

Aos manifestantes Hélio Bolsonaro disse ter a cor do brasil e afirmou que no futuro governo não haverá distinção de cor e raça.

Matéria alterada às 9h49 para corrigir informação//Matéria ampliada às 10h41.

Edição: Talita Cavalcante

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas notícias