Digite sua busca e aperte enter

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, durante comemoração da aprovação do  texto-base da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Compartilhar:

Câmara aprova texto-base da reforma da Previdência

Proposta teve 379 votos a favor e 131 contra

Publicado em 10/07/2019 - 20:02 e atualizado em 10/07/2019 - 20:35

Por Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil Brasília

Depois de oito horas de debates, o plenário da Câmara dos Deputados aprovou, em primeiro turno, o texto principal da reforma da Previdência. A proposta teve 379 votos a favor e 131 votos contra.

Agora, os parlamentares começam a votar os 20 destaques apresentados pelas bancadas. Mais cedo, os deputados tinham concordado em derrubar as emendas individuais e manter apenas as de bancada.

Os destaques mais aguardados são o que aumenta a aposentadoria para as trabalhadoras da iniciativa privada e o que suaviza as regras de aposentadorias para policiais e agentes de segurança que servem à União.

Ouça na Rádio Nacional:

A reforma da Previdência precisava de 308 votos, o equivalente a três quintos dos deputados, para ser aprovada. Se aprovado em segundo turno, o texto segue para análise do Senado, onde também dev e ser apreciado em dois turnos e depende da aprovação de, pelo menos, 49 senadores. 

O debate do texto principal foi aberto por volta das 17h, quando a Câmara rejeitou o último requerimento de retirada de pauta da reforma da Previdência. Nas últimas horas, os líderes dos partidos estavam encaminhando as orientações para as bancadas.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, durante comemoração da aprovação do  texto-base da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, se emociona durante comemoração da aprovação do texto-base da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados - Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Cumprimentos

O presidente Jair Bolsonaro se manifestou nas redes sociais poucos minutos após a aprovação do texto base. "Cumprimento a Câmara dos Deputados, na pessoa do seu Presidente, Rodrigo Maia, pela aprovação, em 1° turno (379x131), da PEC da Nova Previdência", escreveu o presidente, em sua conta oficial no Twitter, por volta das 20h25. "O Brasil está cada vez mais próximo de entrar no caminho do emprego e da prosperidade", acrescentou Bolsonaro.

Agora, os parlamentares começam a votar os destaques apresentados pelas bancadas. Mais cedo, os deputados tinham concordado em derrubar as emendas individuais e manter apenas as de bancada.  Os destaques mais aguardados são o que aumenta a aposentadoria para as trabalhadoras da iniciativa privada e o que suaviza as regras de aposentadoria para policiais e agentes de segurança que servem à União.

O presidente Jair Bolsonaro acompanhou pela televisão, no Palácio do Planalto, parte da votação da reforma da Previdência na Câmara, mas antes da proclamação do resultado ele já estava em sua residência oficial, o Palácio da Alvorada. 

Secretaria de Governo

Em nota, o ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, que passou a tarde inteira no Congresso, também comemorou o resultado. "Estou muito feliz pela aprovação, em primeiro turno, do texto-base da Nova Previdência no plenário da Câmara dos Deputados".

Assim como o presidente Jair Bolsonaro, Ramos também citou o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, pelo papel desempenhado na tramitação do projeto. Ele ainda citou o ministro Onyx Lorenzoni (Casa Civil) e o secretário especial da Previdência, Rogério Marinho.

"Não posso deixar de parabenizar o principal general da Casa, deputado Rodrigo Maia, o ministro Onyx Lorenzoni pela condução de todo processo, o secretário Rogério Marinho, pelo trabalho, e todo o exército de deputados e deputadas do nosso parlamento".

 

Assista na TV Brasil: Texto base da reforma da Previdência é aprovado na Câmara

Texto atualizado às 20h13 e às 20h35

Edição: Nádia Franco

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas notícias