Últimas notícias privatizações

Economia

Brasil passou para quarto destino de investimentos no mundo em 2019

Com a ajuda do programa de privatização de empresas federais, o Brasil subiu da sexta para a quarta posição entre os principais destinos de investimentos estrangeiros no mundo em 2019. Segundo relatório divulgado pela Conferência das Nações Unidas para o Comércio e Desenvolvimento (Unctad), em 2019, o Brasil recebeu US$ 75 bilhões em investimentos externos, contra US$ 60 bilhões em 2018. Os três primeiros lugares do ranking de destino de investimentos ficaram com os Estados Unidos, a China e Cingapura. Os US$ 75 bilhões que chegaram ao Brasil equivalem a mais da metade dos US$ 119 bilhões que a América do Sul recebeu no ano passado.

Economia

Governo quer vender R$ 150 bi em participações em empresas em 2020

Depois de levantar cerca de R$ 105,4 bilhões com desestatizações ao longo do ano passado, o governo pretende vender R$ 150 bilhões em empresas neste ano, disse hoje (14) o secretário especial de Desestatização, Desinvestimento e Mercados do Ministério da Economia, Salim Mattar.

Economia

Conselho inclui leilão do 5G em lista de concessões

O leilão do 5G teve o primeiro passo hoje (19) com a inclusão da concessão das frequências no Programa de Parcerias de Investimentos (PPI

 O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia fala à imprensa, após participar de evento com a Associação Brasileira de Relações Institucionais e Governamentais (ABRIG) na zona sul do Rio.
Política

Maia: governo deve compensar perdas na Previdência no pacto federativo

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse hoje (2) que o governo deve compensar as perdas econômicas com a desidratação parcial da reforma da Previdência por meio do projeto de um novo pacto federativo.

Economia

Governo levantou R$ 96,2 bi com desestatizações até setembro

Até setembro, o governo federal levantou R$ 96,2 bilhões (US$ 23,5 bilhões) com desestatizações nas mais diversas modalidades. O valor foi divulgado hoje (3) pelo secretário especial de Desestatização, Desinvestimento e Mercados do Ministério da Economia, Salim Mattar.