Últimas notícias Simpatia é Quase Amor

Rio de janeiro - O Bloco Simpatia é Quase Amor completa 30 anos de carnaval carioca, desfila na orla de Ipanema, zona sul da capital fluminense (Tomaz Silva/Agência Brasil)
Geral

Prefeitura do Rio mantém desfiles de blocos na parte da tarde

A Prefeitura do Rio de Janeiro resolveu manter os desfiles dos blocos Simpatia é Quase Amor e Banda de Ipanema no horário da tarde, na zona sul do Rio. O anúncio foi feito, hoje (27), pelo secretário de Envelhecimento Saudável, Qualidade de Vida e Eventos, Felipe Michel.

Rio de janeiro - O Bloco Simpatia é Quase Amor completa 30 anos de carnaval carioca, desfila na orla de Ipanema. Na foto, a porta estandarte, Lais Almada (Tomaz Silva/Agência Brasil)
Geral

Mudança de horário de desfile de megablocos não agrada dirigentes

A mudança no horário dos desfiles de megablocos de 16h para as 7h determinada pela Empresa Municipal de Turismo do Rio de Janeiro (Riotur) não agradou o bloco Simpatia é Quase Amor e a Banda de Ipanema, dois tradicionais blocos de rua da cidade.

Rio de Janeiro - O tradicional bloco Simpatia É Quase Amor arrastou uma multidão pela praia de Ipanema (Vladimir Platonow/Agência Brasil)
Geral

Blocos arrastaram no Rio 755 mil foliões neste domingo, segundo prefeitura

Boletim divulgado hoje (12) pela Empresa de Turismo do Município do Rio de Janeiro (Riotur) informa que os maiores blocos que saíram ontem (11) pela cidade arrastaram cerca de 755 mil foliões, sendo os maiores o Bangalafumenga (400 mil pessoas), no Aterro do Flamengo; Simpatia

Rio de Janeiro - O tradicional bloco Simpatia É Quase Amor arrastou uma multidão pela praia de Ipanema (Vladimir Platonow/Agência Brasil)
Geral

Simpatia É Quase Amor desfila com críticas políticas e marchinhas polêmicas

Um dos blocos mais tradicionais do Rio, que desfila desde 1985 pelas ruas de Ipanema, o Simpatia É Quase Amor arrastou uma multidão neste domingo (11) de céu azul e calor de 35 graus centígrados, com sensação térmica superior. A agremiação que se notabilizou pelo bom humor e pelas críticas políticas, não fez diferente este ano.