Ministro condena atos de vandalismo contra o prédio do Paço Imperial no Rio

Publicado em 04/09/2017 - 19:15 Por Paulo Virgilio - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

Rio de Janeiro - Paço Municipal, local tombado pelo Iphan, sofreu pichações e vandalismo durante festa no último dia 3 (Divulgação/Alerj)

 Paço Imperial, tombado pelo Iphan, sofreu pichações e vandalismo durante festa  Divulgação/Alerj

O ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, condenou hoje (4) os atos de vandalismo praticados na Praça Quinze de Novembro, no centro do Rio de Janeiro, durante uma festa que começou às 16h de sábado (2) e terminou às 5h de domingo (3).

Organizada pelo skatista Ademar Lucas, o evento, intitulado Baile do Ademar, tinha mais de 7 mil presenças confirmadas no Facebook e oferecia ao público, além de música, pistas de skate e grafite. No dia seguinte, a histórica praça amanheceu coberta de lixo e com muitos cacos de vidro pelo chão, chegando a dificultar a passagem dos pedestres.

As fachadas do Palácio Tiradentes, sede da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), e do Paço Imperial, edifício construído no século 18, foram alvos de pichações. O Paço Imperial é um prédio tombado desde 1938 pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), instituição vinculada ao Ministério da Cultura.

"Lamentavelmente, o Paço Imperial, que estava impecável, foi pichado por vândalos. Nada contra festas e celebrações, mas isso é um crime contra o patrimônio histórico brasileiro", disse Sá Leitão, que foi à Praça Quinze avaliar a dimensão da depredação.

O ministro conversou com o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, sobre as providências cabíveis para identificação e punição dos responsáveis. O Iphan foi orientado a cobrar, dos organizadores da festa, o custo da restauração do Paço Imperial. "Para que a sociedade não arque com essa conta, solicitei ao Iphan que cobre a restauração dos organizadores do evento", disse Sá Leitão.

Em seu perfil no Facebook, o skatista Ademar Lucas publicou uma nota em que reconhece os atos de vandalismo ocorridos na festa que organizou. “A pichação em edificações públicas, infelizmente aconteceu durante o Baile, contrariando o nosso discurso que é afirmativo e em prol do uso efetivo e consciente da cidade. Qualquer ação que vá contra a preservação do patrimônio, nós condenamos. Estamos em busca de diálogo e cooperação com os órgãos responsáveis e com os prejudicados para reverter nosso erro”, diz a nota.

Paço Imperial

Um dos marcos da história da cidade do Rio de Janeiro, o Paço foi inaugurado em 1743, após dez anos de construção, e inicialmente foi usado como Casa dos Vice-Reis do Brasil. Com a chegada da Corte de D. João VI, ao Rio de Janeiro, em 1808, tornou-se Paço Real e sede dos governos do Reinado e do Império.

Após a Proclamação da República, em 1889, abrigou a Agência Central dos Correios e Telégrafos. Restaurado nos anos 1980, hoje funciona como centro de exposições e eventos, além de sede da Biblioteca Paulo Santos.

 

Edição: Fábio Massalli

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
O ministro das Cidades, Alexandre Baldy, apresenta a versão digital do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLVe).
Justiça

TRF2 nega soltura a secretário afastado de Transportes de São Paulo

Baldy teve prisão temporária decretada pela primeira instância da Justiça Federal no Rio na Operação Dardanários, que apura fraudes em contratações na área de Saúde

exame coronavirus COVID-19
Saúde

Covid-19 já causou mais de 14 mil mortes no estado do Rio

O número de pacientes que se recuperaram da covid-19 no estado do Rio chegou a 156.785. Estão em investigação 985 mortes por possível relação com o coronavírus.

 O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, anuncia a nova modalidade do programa Corujão da Saúde, durante entrevista à imprensa
Educação

Prefeito de SP diz que volta às aulas na capital não tem data definida

Segundo ele, o retorno presencial poderá ocorrer a partir de 7 outubro, mesma data definida para o retorno pelo governo do estado, nos meses seguintes, ou até em 2021.

Saúde

Amapá, Ceará e Rio de Janeiro seguem em alerta de uma segunda onda

O Boletim InfoGripe da Fiocruz indica que Amapá. Ceará e Rio de Janeiro mantêm o sinal de retomada do crescimento de novos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG).

Avião de pequeno porte
Geral

Anac autoriza táxi-aéreo a vender assento individual

As empresas de táxi-aéreo aptas a fazer esse serviço estão listadas no sistema Voe Seguro, e podem ser consultadas no site da Anac. As regras foram publicadas no Diário Oficial da União.

 Incêndio no Parque Nacional da Serra dos Órgãos (Divulgação/Parnaso)
Geral

Prossegue combate a incêndio florestal na Serra dos Órgãos

Hoje é o quarto dia consecutivo que o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro atua no combate ao incêndio florestal de grandes proporções no Parnaso.