Publicações com direitos das pessoas com deficiência são lançadas em Brasília

Publicado em 03/12/2014 - 22:17 Por Da Agência Brasil - Brasília

Uma cartilha com informações sobre educação inclusiva e a versão comentada da Convenção da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre os direitos das pessoas com deficiências foram lançadas hoje (3), em Brasília, nas comemorações do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência.

No Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, a ministra dos Direitos Humanos, Ideli Salvatti, lança duas publicações sobre o tema. Participa Vinícius Lage, ministro do Turismo (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

No Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, a ministra dos Direitos Humanos, Ideli Salvatti, lança duas publicações sobre o tema. Participa Vinícius Lage, ministro do Turismo /Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

As publicações foram produzidas pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência de República (SDH), que também apresentou um livro com resultados do Programa Viver sem Limite.

A cartilha Escola para Todos, feita pela SDH e pelo Movimento Down, explica o que é a educação inclusiva, os direitos da criança com deficiência à educação, como deve ser a relação entre a escola, o professor e a família, o que fazer caso a escola se recuse a aceitar a matrícula de um aluno por causa de sua deficiência, entre outras informações. Segundo a SDH, a cartilha será distribuída nas escolas de todo o país, além de poder ser acessada pela internet.

A secretaria também vai distribuir uma versão comentada da Convenção das Nações Unidas sobre Pessoas com Deficiência, firmada em 2007. O texto reafirma princípios universais, como dignidade, igualdade e não descriminação, e define as obrigações dos governos para a valorização das pessoas com deficiência.

"[A publicação do] Viver sem Limite é um balanço de tudo que fizemos nesses três anos e ela deve embasar a continuidade e a ampliação das políticas públicas. As demais são contribuições no sentido de experiências, como o caso da edição comentada da resolução na qual o Brasil é signatário, que servem aos que atuam, aos que militam e às pessoas com deficiência”, disse a ministra da SDH, Ideli Salvatti.

Edição: Aécio Amado

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias