Banco Central antecipa horário de divulgação da Selic

Publicado em 12/07/2016 - 19:29 Por Wellton Máximo - Repórter da Agência Brasil - Brasília

O Banco Central (BC) antecipou em duas horas o horário das reuniões do Comitê de Política Monetária (Copom), que a cada 45 dias define os juros básicos da economia, a taxa Selic. A partir da próxima reunião, a divulgação da taxa ocorrerá por volta das 18h, cerca de uma hora depois do fechamento do mercado financeiro. Até agora, a taxa Selic era anunciada entre 19h30 e 21h.

Para a alteração, o horário de começo do segundo dia de reunião do Copom mudou de 16h30 para 14h. A antecipação vai valer para o próximo encontro do colegiado, nos dias 19 e 20 deste mês, o primeiro sob o comando do novo presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn. Na reunião passada, em 7 e 8 de junho, Goldfajn havia tido o nome aprovado pelo Senado, mas ainda não tinha tomado posse.

Selic

Desde julho de 2015, os juros básicos estão em 14,25% ao ano, no maior nível desde outubro de 2006. A taxa Selic é o principal instrumento do BC para manter sob controle a inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Oficialmente, o Conselho Monetário Nacional estabelece meta de 4,5%, com margem de tolerância de dois pontos, podendo chegar a 6,5%. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o IPCA acumulou 8,84% nos 12 meses encerrados em junho.

A taxa é usada nas negociações de títulos públicos no Sistema Especial de Liquidação e Custódia (Selic) e serve de referência para as demais taxas de juros da economia. Ao reajustá-la para cima, o Banco Central segura o excesso de demanda que pressiona os preços, porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. Quando reduz os juros básicos, o Copom barateia o crédito e incentiva a produção e o consumo, mas enfraquece o controle da inflação.

Edição: Luana Lourenço

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias