São Paulo será a sede do Fórum Econômico Mundial para a América Latina em 2018

Publicado em 06/11/2017 - 18:35 Por Elaine Patricia Cruz - Repórter da Agência Brasil - São Paulo

A cidade de São Paulo vai sediar, no próximo ano, o Fórum Econômico Mundial para a América Latina (WEF), também conhecido como Mini Davos. O contrato para a realização do evento na capital foi assinado na tarde de hoje (5), no Palácio dos Bandeirantes, pelo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Marcos Pereira; o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, o prefeito de São Paulo, João Doria, e a diretora do Fórum para a América Latina, Marisol Argueta de Barillas. É a segunda vez que São Paulo sedia o Fórum Econômico Mundial para a América Latina. A primeira ocorreu em 2006. A última vez que o Brasil sediou o evento foi em 2011, no Rio de Janeiro.

O evento está marcado para os dias 13,14 e 15 de março, com o tema principal “América Latina num ponto de inflexão: formando uma nova narrativa”.

Segundo Marisol Argueta, o evento deve contar com a participação de 750 líderes de todo o mundo nos setores privado e público e da sociedade civil. "Vamos estar em um momento de reflexão importante para a América Latina, quando oito países da região vão eleger os seus presidentes. E há a necessidade de encontrar novas fontes de crescimento econômico para levar bem-estar social para a população latino-americana", disse.

Durante a reunião para a assinatura do contrato, foram discutidos temas que deverão ser incluídos na programação do Fórum. Segundo Ana Paula Fava, chefe da Assessoria Especial para Assuntos Internacionais, a quarta Revolução Industrial será um dos assuntos que serão discutidos. Um grupo de trabalho será criado para coordenar e implementar os preparativos para o evento.

"Gostaria de destacar, em relação ao Fórum, que nós já o sediamos em 2006. Foi um grande sucesso aqui em São Paulo e, a partir de 2006, esse encontro passou a ser anual", disse o governador. "É um momento desafiador para o mundo inteiro com os avanços da ciência, da tecnologia, da quarta Revolução Industrial e seu impacto no emprego e novas relações de trabalho", disse.

"O evento está bem organizado do ponto de vista de conteúdo. Terá uma alta representação de chefes de estado latino-americanos e, talvez, até de outras nações, e com a participação expressiva de líderes empresariais brasileiros, latino-americanos e mundiais", adiantou Doria.

O Fórum Econômico Mundial é uma organização internacional sediada em Genebra, na Suíça. O Fórum ocorre anualmente na cidade suíça de Davos. A próxima edição será em janeiro de 2018.

 

Edição: Fernando Fraga

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Live da Semana - Presidente Jair Bolsonaro - 06/08/2020
Política

Pazuello diz que estados estão mais preparados para enfrentar pandemia

Ministro interino da Saúde participou de live ao lado do presidente. Mudança de protocolo do ministério foi um dos fatores que deixou estados mais preparados.

A cúpula  maior, voltada para cima, abriga o Plenário da Câmara dos Deputados.
Política

Senado aprova redução de prazos para revalidação de diplomas

O PL prevê a revalidação em prazo entre 30 e 60 dias no caso de instituições estrangeiras reconhecidas pelo Ministério da Educação e contam com um processo simplificado. 

Escola fechada por cinco dias após relatos de coronavírus.
Justiça

Justiça suspende retorno das aulas presenciais na rede privada do DF

A retomada foi autorizada na terça-feira pela primeira instância após outra decisão que a proibiu. Algumas escolas chegaram a retomar as atividades nesta quinta-feira.

Saúde

Ministério da Saúde monitora síndrome em crianças associada à covid-19

Síndrome inflamatória multissistêmica ocorre em crianças de 7 meses a 16 anos. Até agora, foram notificados 71 casos no Brasil e registradas três mortes.

Incêndio no Parque Nacional da Serra dos Órgãos (Divulgação/Parnaso)
Geral

Bombeiros combatem fogo na Serra dos Órgãos pelo terceiro dia seguido

Criado em 1939, o Parnaso é o terceiro parque mais antigo do país e costuma ser procurado para prática de esportes de montanha, como escalada, caminhada e rapel.

O ministro das Cidades, Alexandre Baldy, apresenta a versão digital do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLVe).
Justiça

Preso pela PF, Baldy pede licença de cargo de secretário

Em nota, governo estadual destaca competência e postura idônea de Alexandre Baldy e informa que o secretário executivo Paulo Galli comandará temporariamente a pasta.