Banco Mundial quer tornar compras públicas brasileiras mais eficientes

Uma das metas é ter economia de escala e menores custos

Publicado em 26/06/2019 - 18:28 Por Mariana Ceratti, da ONU News/Banco Mundial - Brasília

O Banco Mundial participa de uma ação para apoiar o governo brasileiro na execução do primeiro Plano Anual de Compras do Brasil. A iniciativa tem dois objetivos: auxiliar numa melhor tomada de decisão sobre o uso dos recursos públicos e promover maior transparência no processo de compras.

O plano será divulgado em dezembro deste ano e válido para 2020. Todos os órgãos e entidades integrantes da administração pública federal deverão participar da preparação do documento.

Especialistas em licitações do Banco Mundial e do governo federal se reúnem em Brasília. Banco Mundial ajuda a estruturar plano para tornar compras públicas brasileiras mais eficientes.
Especialistas em licitações do Banco Mundial e do governo federal em Brasília. - Mariana Ceratti/Banco Mundial/Direitos reservados

O especialista líder em Aquisições do Banco Mundial, Alexandre Borges, ressaltou que o lançamento e a divulgação do plano colocarão o Brasil na vanguarda desse tipo de iniciativa na América do Sul. “Isso vai fazer com que o governo possa prestar serviços melhores à população e a um menor preço.”

Menores custos

Para o secretário adjunto da Secretaria de Gestão do Ministério da Economia, Renato Fenili, o primeiro impacto do plano “é ver qual a demanda governamental. As empresas vão poder antecipar essa demanda e ter uma relação mais próxima, intensiva, com o Estado. Isso é uma coisa boa”.

Ele frisa que outro aspecto diz respeito à possibilidade do Estado brasileiro “parar de fazer compras separadas, pulverizadas, e começar a centralizá-las. Fazer compras maiores e aí ter economia de escala, poder ter menos custos no processo.”

De acordo com dados do governo brasileiro, entre 2007 e 2017, os gastos com compras públicas por meio do sistema informatizado Comprasnet somaram mais de U$ 132 bilhões. Essas compras representaram, em média, 0,96% do PIB brasileiro no mesmo período.

Eficiência

Segundo o estudo Um Ajuste Justo, lançado pelo Banco Mundial em 2017, o Brasil pode economizar entre cerca de U$ 6 bilhões e U$ 9 bilhões em três anos se aumentar a eficiência das licitações.

O trabalho conjunto que deu origem ao Plano Anual de Compras do Brasil começou há cerca de três anos, a pedido do governo federal.

O Grupo Banco Mundial, uma agência especializada independente do Sistema das Nações Unidas, é a maior fonte global de assistência para o desenvolvimento, proporcionando cerca de US$ 60 bilhões anuais em empréstimos e doações aos 187 países-membros.

 

Edição: Augusto Queiroz

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Doleiro Dario Messer
Justiça

Doleiro Dario Messer fecha acordo judicial e vai devolver R$ 1 bilhão

De acordo com a força-tarefa da Lava Jato no Rio, o acordo permitirá a coleta de provas para investigações em andamento. Messer é suspeito de lavagem de dinheiro.

Medicamentos
Geral

Polícia apreende R$ 1 milhão em medicamentos desviados da rede pública

Foram apreendidas cerca de 800 caixas de remédio, muitos vencidos. Os agentes prenderam um homem acusado de integrar a quadrilha especializada neste tipo de crime.

Testes para detecção do Covid-19
Saúde

Covid-19: Brasil tem 104 mil mortes e 3,16 milhões de casos acumulados

Boletim do Ministério da Saúde revela que 2.309.477 pessoas se recuperaram da covid-19 desde o começo da pandemia. 

psg neymar
Esportes

PSG vence Atalanta no fim e vai à semifinal da Liga dos Campeões

Brasileiro Neymar tem atuação decisiva, participando diretamente dos dois gols da equipe da capital francesa.

Geral

PF fecha dois bingos clandestinos no centro do Rio de Janeiro

Em um dos endereços, localizado na zona portuária, foram apreendidas 30 máquinas caça níqueis. Em outro local, na Cinelândia, foram apreendidas outras 24 máquinas.

O presidente Jair Bolsonaro faz  declaração à imprensa na área externa do Palácio da Alvorada
Política

Bolsonaro, Maia e Alcolumbre defendem teto de gastos em pronunciamento

"Resolvemos, então, com essa reunião, direcionar mais ainda nossas forças para o bem comum daquilo que todos nós defendemos", disse o presidente Jair Bolsonaro.