Sondagem mostra queda de atividade na construção em novembro

Intenção de investimento sugere perspectivas favoráveis ao setor

Publicado em 19/12/2019 - 16:25 Por Jonas Valente – Repórter Agência Brasil - Brasília

A atividade da indústria de construção caiu em novembro em relação a outubro. A avaliação é da Confederação Nacional da Indústria (CNI), que lançou a sondagem mensal sobre o desempenho do setor hoje (19). Contudo, a intenção de investimento aumentou, mantendo uma trajetória ascendente nos últimos meses.

O estudo da CNI avalia a área da construção a partir de uma série de aspectos, medidos na forma de indicadores. A evolução da atividade ficou em 49, desempenho 0,9 pontos abaixo do registrado em outubro, mas melhor do que os verificados durante o primeiro semestre. Em janeiro deste ano, o indicador estava em 44, por exemplo. O índice varia de 0 a 100. Valores abaixo de 50 indicam queda do nível de atividade e do emprego.

Segundo a economista da CNI Dea Fioravante, o resultado já era esperado para o mês, apesar de novembro, historicamente, apresentar resultados piores pois marca a entrada no momento de virada de ano.

“O período de novembro a janeiro é marcado por meses ruins. Tem o clima, que não ajuda. Obras de infraestrutura diminuem, perdem velocidade ou ficam até paradas pelo movimento nas estradas. Há problema de mão de obra para obras. É período que todo ano a gente nota que tem desaceleração grande no setor de construção”, comentou a economista à Agência Brasil.

O indicador da evolução do nível de emprego ficou entre os patamares mais baixos do semestre, em 47,4. Mas, assim como no caso do índice sobre atividade, também significou um aumento em relação ao início do ano. Em janeiro, a pontuação estava em 42,5.

Nível de atividade e emprego
Nível de atividade e emprego - CNI

Já a utilização da capacidade operacional das empresas ficou “estagnada” em novembro pelo terceiro mês consecutivo, em 62%. A ociosidade aumentou um ponto percentual nas pequenas empresas, chegando a 57%, e nas grandes, atingindo 65%.

Intenção

A intenção de investimento marcou 42,2, o maior desde dezembro de 2016. A média histórica deste período ficou em 33,9. O índice de confiança registrado em dezembro foi de 63,1 - 1,1 acima do identificado em novembro e da média história desde 2013, de 53,7.

Já a expectativa sobre a evolução do nível de atividade atingiu 57,3, melhor resultado do semestre, mas abaixo do início do ano. O mesmo vale para a estimativa em relação a novos serviços e à contratação de empregados.

“O indicador de confiança tem quatro componentes. Dois de expectativa e dois de condições atuais. As expectativas estão muito boas e demonstram otimismo. A confiança está alta com base nas condições atuais e isso é um bom sinalizador. As condições macroeconômicas estão favoráveis e isso está levando a um aumento da propensão de investimento”, observa Dea Fioravante.

Edição: Lílian Beraldo

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
O ministro das Cidades, Alexandre Baldy, apresenta a versão digital do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLVe).
Justiça

TRF2 nega soltura a secretário afastado de Transportes de São Paulo

Baldy teve prisão temporária decretada pela primeira instância da Justiça Federal no Rio na Operação Dardanários, que apura fraudes em contratações na área de Saúde

exame coronavirus COVID-19
Saúde

Covid-19 já causou mais de 14 mil mortes no estado do Rio

O número de pacientes que se recuperaram da covid-19 no estado do Rio chegou a 156.785. Estão em investigação 985 mortes por possível relação com o coronavírus.

 O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, anuncia a nova modalidade do programa Corujão da Saúde, durante entrevista à imprensa
Educação

Prefeito de SP diz que volta às aulas na capital não tem data definida

Segundo ele, o retorno presencial poderá ocorrer a partir de 7 outubro, mesma data definida para o retorno pelo governo do estado, nos meses seguintes, ou até em 2021.

Saúde

Amapá, Ceará e Rio de Janeiro seguem em alerta de uma segunda onda

O Boletim InfoGripe da Fiocruz indica que Amapá. Ceará e Rio de Janeiro mantêm o sinal de retomada do crescimento de novos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG).

Avião de pequeno porte
Geral

Anac autoriza táxi-aéreo a vender assento individual

As empresas de táxi-aéreo aptas a fazer esse serviço estão listadas no sistema Voe Seguro, e podem ser consultadas no site da Anac. As regras foram publicadas no Diário Oficial da União.

 Incêndio no Parque Nacional da Serra dos Órgãos (Divulgação/Parnaso)
Geral

Prossegue combate a incêndio florestal na Serra dos Órgãos

Hoje é o quarto dia consecutivo que o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro atua no combate ao incêndio florestal de grandes proporções no Parnaso.