Produtos na saída das fábricas têm aumento de 1,32% em março

Das 24 atividades industriais pesquisadas, 21 registraram inflação

Publicado em 30/04/2020 - 11:04 Por Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

Os produtos industrializados registraram aumento de 1,32% na saída das fábricas, em março. A taxa é superior à observada em fevereiro, de 0,81%, mas inferior à registrada em março de 2019, de 1,59%. O dado, do Índice de Preços ao Produtor (IPP), foi divulgado hoje (30) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O IPP acumula taxa de inflação de 2,50% no ano e de 6,45% em 12 meses, de acordo com o IBGE.

Das 24 atividades industriais pesquisadas, 21 registraram inflação em seus produtos em março. Os maiores impactos foram registrados nos alimentos, 6,16%, e outros produtos químicos, 5,49%.

Em março, três atividades registraram deflação (queda de preços) e ajudaram a frear a inflação: refino de petróleo e produtos de álcool, 9,79%; indústrias extrativas, 17,12%, e impressão, queda de 0,44%.

Entre as quatro grandes categorias econômicas da indústria, a maior taxa de inflação foi observada nos bens de capital (máquinas e equipamentos), de 2,71%. Os outros grupos também tiveram inflação: bens de consumo semi e não duráveis, 2,25%; os bens de consumo duráveis, 0,41%, e os bens intermediários (insumos industrializados usados no setor produtivo), de 0,69%.

Edição: Fernando Fraga

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias