Justiça determina reintegração de posse de escola na zona norte do Rio

Publicado em 11/04/2016 - 19:08 Por Douglas Correa - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

A  Justiça do Rio de Janeiro deferiu liminar determinando a reintegração de posse do Colégio Estadual Prefeito Mendes de Moraes, na Ilha do Governador, zona norte da capital, ocupada desde o dia 21 de março. Na decisão, a juíza Neusa Regina Larsen de Alvarenga Leite, da 14ª Vara de Fazenda Pública do Rio, diz que a medida “deve ser cumprida com observância das cautelas necessárias para uma desocupação pacífica”.

Neusa Regina afirma que o exercício do direito de manifestação, embora legítimo, não pode criar obstáculos à prática de outro direito, que é o da educação. “O exercício desse direito [de manifestação] não pode criar obstáculos ao direito à educação de alunos, que desejam ter aulas, e ao dever do Poder Público, de prestar educação, devendo, portanto, ser exercido em outros locais, não se justificando a ocupação irregular do bem público sob esse fundamento,”

O mandado de reintegração de posse foi entregue ao oficial de justiça na última quinta-feira (7) para ser cumprido com a desocupação pacífica da escola. A juíza ressalta na decisão que a integridade física e psíquica dos ocupantes do estabelecimento de ensino deve ser protegida. “Por fim, considerando que a presente reintegração envolve alunos da rede pública estadual, sendo alguns deles menores de idade, impõe-se a adoção de medidas visando proteger a integridade física e psíquica dos ocupantes, em observância ao Estatuto da Criança e do Adolescente", acrescenta Neusa Regina.

A Secretaria de Educação informa que atualmente 18 escolas estão ocupadas por estudantes da rede pública de ensino estadual. A Associação Nacional dos Estudantes Livres (Anel) tem um número diferente  e informa que mais oito escolas da rede estadual foram ocupadas hoje, aumentando para 25 o número de tomadas por alunos em 12 municípios do Rio de Janeiro.

De acordo com a secretaria, desde a ocupação, no dia 21 de março, o secretário estadual de Educação, Antonio Vieira Neto, já recebeu alunos representantes do movimento, bem como do Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação, com o objetivo de ouvir as reivindicações e tomar as medidas cabíveis. No entanto, a secretaria diz que não vê nos líderes do movimento intenção de desocupar as escolas e diz que entre os envolvidos na mobilização há pessoas que sequer fazem parte da comunidade escolar.
 
O pedido de reintegração de posse foi feito pelo estado logo após a ocupação da escola, para que os alunos não fossem prejudicados e as atividades letivas transcorressem normalmente. Vieira Neto disse que já entrou em contato com o secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, e com representantes da Defensoria Pública e do Ministério Público. "Ninguém quer que haja violência. Não é para haver."

Segundo o diretor do Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação, Marcelo Santana, e entidade decidiu, em assembleia, disponibilizar seus advogados para avaliar que medidas tomar contra a liminar da Justiça. “Vamos tentar embargar essa decisão de reintegração de posse da escola.”

Em nota, o governador em exercício, Francisco Dornelles, informou que nesta segunda-feira (11), o estado cumpriri a determinação de reintegração de posse do Colégio Estadual Prefeito Mendes de Moraes, na Ilha do Governador.  O estado vai acatar a decisão da 14ª Vara da Fazenda Pública, que recomendou a reintegração de forma pacífica, com todos os cuidados necessários à preservação da integridade física e psíquica dos ocupantes. 


Fonte: Justiça determina reintegração de posse de escola na zona norte do Rio

Edição: Nádia Franco

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
O presidente Jair Bolsonaro fala à imprensa no Palácio da Alvorada
Política

Bolsonaro nomeia mais dois membros para a Comissão de Ética Pública

A comissão é composta por sete integrantes que tem mandato de três anos, permitida uma única recondução.

Geral

Prefeitura do Rio de Janeiro autoriza volta de eventos corporativos

De acordo com a prefeitura, até o momento as avaliações permitiram a antecipação de três setores da economia: os shoppings, o comércio de rua e agora os eventos de negócios.

Outbreak of the coronavirus disease (COVID-19), in Sao Paulo
Geral

São Paulo interdita 75 bares nos primeiros dias de abertura noturna

Além do horário, a fiscalização também tem observado se estão sendo colocadas mesas na calçada. A desinterdição deve ser solicitada na subprefeitura da região.

Moeda Nacional, Real, Dinheiro, notas de real,Cédulas do real
Economia

IGP-M sobe 1,46% na primeira prévia de agosto

Nos primeiros dez dias de julho, a taxa ficou em 1,18%. O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) e o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) respondem pela aceleração do IGP-M na prévia do mês.

Testes para detecção do Covid-19
Esportes

Covid-19: Corinthians recusa Einstein após atraso com exames do Goiás

Jogo ontem (9) foi suspenso em cima da hora devido a resultados positivos no Esmeraldino. Timão anuncia que recorrerá a "laboratório de confiança"  usado no Estadual. 

Sala de aula
Educação

Alunos do ensino médio público voltam às aulas presenciais no Amazonas

Cerca de 110 mil estudantes de 123 escolas da rede pública do estado devem retornar às salas de aula. Distanciamento social, uso correto de máscaras e aferição de temperatura são medidas obrigatórias.