Secundaristas fazem campanha por adiamento do Enem

Inscrições vão até sexta-feira; provas estão marcadas para novembro

Publicado em 15/05/2020 - 19:04 Por Agência Brasil - Brasília

A União Brasileira de Estudantes Secundaristas (Ubes) promoveu nesta sexta-feira (15) a campanha virtual #AdiaEnem nas redes sociais, para que o Ministério da Educação (MEC) reveja o cronograma do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) por causa da pandemia do novo coronavírus, causador da covid-19.

Conforme calendário do MEC, as inscrições para o exame ficam abertas até a próxima sexta-feira (22), e as provas presenciais ocorrerão no dia 1º de novembro (linguagens, códigos e suas tecnologias; redação; ciências humanas e suas tecnologias) e no dia 8 de novembro (ciências da natureza e suas tecnologias; matemática e suas tecnologias).

O boleto de pagamento da taxa de inscrição (R$ 85) já está sendo emitido para os candidatos inscritos.

Para a Ubes, a manutenção desse calendário prejudica especialmente os estudantes que tiveram aulas interrompidas e não têm acesso à internet em casa ou a outros recursos para aprendizagem remota. “Muitos não têm condições de se preparar para a prova”, lembra a presidente da entidade, Rozana Barroso.

Segundo a Ubes, por causa da indisponibilidade de meios, a educação a distância não é alternativa para estudantes das periferias e da zona rural e também indígenas. A entidade ressalta que “adiamento não é cancelamento” e que cerca de duas dezenas de países já anunciaram o adiamento dos seus exames para ingresso nos cursos superiores.

Ontem (14), o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pediu ao presidente Jair Bolsonaro o adiamento da aplicação de provas do Enem. “Um pleito importante que eu fiz ao presidente, e ele ficou de avaliar, disse que é muito importante e que havia uma demanda muito grande da Câmara, é o adiamento do Enem. Ele ficou muito sensível, ficou de avaliar e dar uma resposta”, disse Maia, como registrou a Agência Brasil.

De acordo com o Ministério da Educação, mais de 3 milhões de pessoas inscreveram-se até o início da tarde de hoje para fazer as provas do Enem. Mais de 2,95 milhões de pessoas optaram por fazer a prova escrita e 99,6 mil se inscreveram para a versão digital.

Edição: Nádia Franco

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Hospital de Campanha de São Gonçalo é inaugurado
Justiça

Rio: Justiça intima Witzel a manter aberto hospital de campanha

Justiça intimou o governador e o secretário de saúde a cumprir, em 48 horas, ordem judicial de manter em operação o  Hospital de Campanha de São Gonçalo.

Saúde

Trevo de Xapetuba inaugura novo trecho de rodovias interestaduais

O trecho fica na divisa entre os municípios mineiros de Uberlândia e Monte Alegre de Minas. Mais de R$ 190 milhões serão investidos no entrocamento entre as BRs 365 e 452.

Brasília - O Conselho Superior do Ministério Público Federal autorizou hoje a prorrogação dos trabalhos da Operação Lava Jato, no Rio de Janeiro (José Cruz/Agência Brasil)
Justiça

PGR recorre de decisão que impediu acesso a dados da Lava Jato

No agravo, o vice-procurador geral, Humberto Jacques de Medeiros, pede que o ministro do STF Edson Fachin reveja sua decisão ou leve o caso para julgamento na Corte.

 

Fachada da Caixa Econômica Federal
Política

Bolsonaro publica MP que trata de reorganização societária da Caixa

MP é o primeiro passo para o desinvestimento e alienação de ativos da Caixa e tem objetivo de diminuir a atuação do banco em setores considerados não estratégicos.

Diagnóstico laboratorial de casos suspeitos do novo coronavírus (2019-nCoV), realizado pelo Laboratório de Vírus Respiratório e do Sarampo do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz), que atua como Centro de Referência Nacional em Vírus
Saúde

Covid-19: Fiocruz recebe R$ 100 milhões para produção de vacina

A doação feita por um grupo de empresas privadas será usada no aprimoramento das instalações da Fiocruz que vai fabricar a vacina contra a covid-19.

Sala de aula
Economia

Prefeitos querem flexibilizar pagamento mínimo da educação em 2020

Proposta foi apresentada ao ministro da Economia, Paulo Guedes, pela  Frente Nacional de Prefeitos. Objetivo é empenhar valores para os próximos anos.