Média de idade das vítimas da covid-19 no país cai quase oito anos

Um dado alarmante é o crescimento da doença entre jovens

Published in 08/05/2021 - 16:37 By Eliane Gonçalves - Repórter da Rádio Nacional - São Paulo

Entre janeiro e abril, a média de idade das pessoas que morreram por causa do agravamento da covid-19 caiu quase oito anos, no Brasil.

Enquanto na primeira semana de janeiro a média das vítimas de covid era de 71 anos e seis meses, até o final de abril, as pessoas que morreram em função da doença eram, em média, oito anos mais jovens: 63 anos e 8 meses de idade.

Segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) nessa sexta-feira (7), esse não é o único dado que mostra que a pandemia está atingindo grupos mais jovens da população.

A idade das pessoas que precisaram ser internadas caiu de um pouco mais de 62 anos para 57 anos. Uma redução de mais de cinco anos na faixa etária média.

No começo de janeiro, os pacientes com menos de 70 anos respondiam por pouco mais da metade, 53% da ocupação dos leitos de UTI. Em abril, essa proporção subiu para 73%. 

No estudo, a Fiocruz faz um alerta a respeito das possíveis vítimas com menos idade. “As gerações mais jovens serão duramente penalizadas caso não consigamos conter a disseminação do vírus”. A pesquisa aponta a vacinação como uma das explicações para a mudança no perfil da pandemia.

Prioridades da vacinação

As vacinas contra covid-19 começaram a ser aplicadas no Brasil, no dia 17 de janeiro, e priorizou profissionais de saúde, idosos e população indígena.

Mas apesar de apostar na eficácia das vacinas, o boletim epidemiológico da Fiocruz também mostra que, em todo o país, cerca de um terço, apenas 32% das pessoas que tomaram a primeira dose, completaram o esquema vacinal e tomaram a segunda dose.

Edition: Raquel Mariano, Luiz Claudio Ferreira e Renata Batista

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Education

EAD em faculdades particulares deverá crescer mesmo depois da Pandemia

Na década que vai de 2010 a 2019, o número de matrículas no ensino superior particular no Centro-Oeste aumentou 13% nas carreiras ligadas ao agronegócio e 8% nos cursos de saúde e engenharia.

Baixar arquivo
Economy

Aprovada MP que amplia prazo de remarcação de serviços de turismo

Senadores aprovaram nessa quarta feira  a Medida Provisória  que amplia o prazo para remarcação e reembolso de serviços nos setores de turismo e cultura não realizados em 2020 e 2021 em virtude da pandemia da covid-19.

Baixar arquivo
Human Rights

Fórum Empresas com Refugiados é lançado para ajudar essa população

O Fórum Empresas com Refugiados, lançado nessa quarta-feira, pela Acnur - a Agência da ONU para Refugiados- e pela Rede Brasil do Pacto Global, foi criado para ajudar refugiados a ingressar no mercado de trabalho brasileiro.

Baixar arquivo
Segurança

Homícidios dolosos no Rio caem 9% em 2021

Os homicídios dolosos no estado do Rio de Janeiro caíram 9% nos cinco primeiros meses deste ano, na comparação com igual período de 2020. Foram 1.495 mortes, o menor valor para o período desde 1991, quando teve início a série histórica do Instituto de Segurança Pública.

Baixar arquivo
Health

Vacina contra covid:trabalhador de transporte coletivo terá prioridade

Trabalhadores do transporte coletivo foram incluídos no grupo prioritário para receber a vacina contra o novo coronavírus.

Baixar arquivo
Economy

Exigência de vacina para emprego é discriminação, diz MPT

Um anúncio publicado em um site de ofertas de emprego gerou questionamentos após a vaga exigir como requisito para contratação que o candidato fosse imunizado contra a Covid 19 com a vacina da farmacêutica Pfizer. 

Baixar arquivo