Vetado projeto que previa ações emergenciais à agricultura familiar

O governo justificou o veto devido aos impactos econômicos da pandemia

Published in 17/09/2021 - 15:12 By Sayonara Moreno - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

No fim do prazo para sancionar o projeto de lei aprovado no Congresso Nacional, o Presidente Jair Bolsonaro vetou, totalmente, a medida que previa ações emergenciais de amparo à agricultura familiar, devido aos impactos econômicos da pandemia de covid-19.

Segundo o governo federal, o PL foi vetado para cumprir as normas orçamentárias e financeiras vigentes. O projeto de lei estabelecia medidas de suporte à agricultura familiar até o fim de 2022, como prorrogação, descontos, renegociação de dívidas de operação de crédito rural e, também, flexibilização na concessão de crédito.

Durante a live semanal, nas redes sociais, o Presidente Jair Bolsonaro disse, nessa quinta, que vetou o PL de autoria do deputado Pedro Uczai, para cumprir a lei.

Por norma, o veto presidencial volta para o congresso. Por lá, os parlamentares decidem se mantêm ou derrubam a decisão do presidente, que já antecipou recorrer, caso o veto seja derrubado.

Estava previsto, também, o Fomento Emergencial de Inclusão Produtiva Rural, com a transferência de R$ 2,500, diretamente para a unidade familiar, além da criação do Programa de Atendimento Emergencial à Agricultura Familiar, que deveria ser executado até dezembro do ano que vem.

A secretaria Geral da Presidência explicou que o veto foi orientado pelos ministérios da Economia e da Agricultura e foi determinado para que as propostas não sobreponham às ações já existentes, como os programas “Alimenta Brasil” e de “Fomento às Atividades Produtivas”.

Edition: Sâmia Mendes / Beatriz Arcoverde

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
General

Desabamento em Ninópolis (RJ) deixa um morto e três feridos

Uma pessoa morreu e três ficaram feridas no desabamento de um prédio na cidade de Nilópolis, na Baixada Fluminense. Gustavo Amorim, de 26 anos, não resistiu aos ferimentos.

Baixar arquivo
Health

Covid: 95% dos municípios já começaram a aplicar a dose de reforço

Idosos e profissionais da área de saúde começaram a receber a 3ª dose.

Baixar arquivo
General

Empresa Brasil de Comunicação completa 14 anos

A estatal foi criada durante o 1°Fórum Nacional de TVs Públicas, em 2007, a partir da incorporação da Radiobrás e da Associação de Comunicação Educativa Roquette Pinto.

Baixar arquivo
General

Horário de verão não traz economia de energia, aponta estudo do ONS

A medida, que adianta uma hora nos relógios de alguns estados do país, já não está em vigor desde 2019, após decreto do Presidente Jair Bolsonaro.

Baixar arquivo
Health

Rio registra redução no número de óbitos pela covid-19

Os dados fazem parte da mais recente edição do Mapa de Risco da covid-19, divulgada pela Secretaria de Estado de Saúde.

Baixar arquivo
Health

Certificado de imunização está disponível para quem tomou duas vacinas

Antes, só era permitida e emissão do certificado para quem tivesse tomado duas doses da mesma vacina. Agora, a pessoa que  tomou doses de vacinas diferentes pode emitir o documento pelo aplicativo Conecte SUS.

Baixar arquivo