STF adia decisão sobre acordo coletivo no transporte

Published in 26/05/2022 - 23:56 By Beatriz Arcoverde* - Editora da Radioagência Nacional - Brasília

O Supremo Tribunal Federal adiou, nesta quinta-feira, a conclusão do julgamento que vai decidir se as convenções coletivas que tratam de direitos não previstos na Constituição prevalecem sobre as leis trabalhistas. 

Até o momento, nove ministros votaram. Faltam os votos de Dias Toffoli e do  presidente, Luiz Fux, que serão proferidos na próxima quarta-feira . 

O entendimento que for firmado pela Corte vai valer somente para os casos de acordos e convenções celebrados entre transportadoras e seus motoristas de caminhão antes da Lei 12.619/2012, norma que disciplinou os direitos e deveres dos profissionais. 

Os acordos definiram que a atividade de transporte de cargas é incompatível com o controle de jornada de trabalho. 

Embora o entendimento seja aplicado ao caso específico, a decisão poderá abrir a possibilidade para que a tese possa ser aplicada em outros julgamentos semelhantes. 

*Com informações da Agência Brasil

Edition: Agência Brasil

Últimas notícias
Economy

Restituição IRPF: Valor depositado nesta quinta passa dos R$ 6 bilhões

A Receita Federal pagou nesta quinta-feira, 23 de junho, o segundo lote de restituições do Imposto de Renda 2022 para mais de quatro milhões de contribuintes.

Baixar arquivo
Human Rights

Quiosque Moise é inaugurado no Parque Madureira, no Rio

O congolês Moïse foi morto em janeiro do ano passado durante um desentendimento no quiosque Tropicália, na praia da Barra da Tijuca, zona oeste carioca. Três homens foram presos. O corpo dele foi achado amarrado em uma escada.

Baixar arquivo
Cultura

Sarau Carioca leva história da música e da cultura negra no Rio

A programação vai acontecer sempre na última quinta-feira do mês, às 12h30, em formato de um bate-papo musicado.

Baixar arquivo
Sports

América Mineiro e Botafogo se enfrentam logo mais ás 19h

Nesta quinta-feira, às 19h no estádio Independência os dois times precisam dar uma resposta dentro de campo pela Copa do Brasil.

Baixar arquivo
Human Rights

Transexuais já podem alterar nome social direto nos cartórios

A decisão foi divulgada neste mês pela Corregedoria Nacional de Justiça. Qualquer pessoa com mais de 18 anos pode requerer ao cartório de registro civil de origem, a adequação de sua certidão de nascimento ou casamento à identidade autopercebida.

Baixar arquivo
General

Conselho Federal de Medicina Veterinária regulariza telemedicina

A resolução detalha padrões técnicos e tecnológicos que serão adotados para realizar a prática.

Baixar arquivo