Investigação de crimes contra crianças terão prioridade no RJ

Lei que garante a agilidade foi sancionada nesta quarta-feira

Publicado en Jueves, 14 Enero, 2021 - 13:36 Por Raquel Junia - Rio de Janeiro

Os crimes contra a vida de crianças e adolescentes a partir de agora terão prioridade de investigação no Rio de Janeiro. A lei que recebeu o nome Ágatha Felix, a criança de 8 anos que morreu após ser baleada no conjunto de favelas do Alemão em 2019, foi sancionada pelo governador em exercício Claudio Castro nesta quarta-feira (13). O texto estabelece que os procedimentos e todas as comunicações referentes aos crimes devem conter o seguinte aviso escrito "Prioridade - Vítima Criança ou Adolescente".

A lei é de autoria das deputadas Renata Souza e Dani Monteiro, do Psol, e Martha Rocha, do PDT. A Defensoria Pública do Estado emitiu uma nota apoiando a sanção da lei e destacando que apesar do dever constitucional do Estado de garantir, com prioridade absoluta, direitos das crianças e adolescentes, os casos de mortes violentas têm aumentado e as respectivas investigações não têm merecido a devida atenção. O subcoordenador do Núcleo de Direitos Humanos da Defensoria, Daniel Lozoya, destaca a demora nas investigações sobre esses crimes.

Um levantamento da Plataforma Fogo Cruzado mostrou que no ano passado 22 crianças foram baleadas no Grande Rio, 8 delas morreram e 4 foram atingidas durante tiroteios. Nos primeiros dias de 2021 pelo menos uma criança foi baleada. Rafael Capela, de 7 anos, durante uma operação policial em Vicente de Carvalho, na zona norte do Rio. Ele segue internado em estado grave.

Em 2019, ano da morte de Ágatha Felix, o Rio contabilizou 24 crianças baleadas e 7 mortes. A escalada de casos motivou a organização Justiça Global a denunciar a violência letal contra crianças e adolescentes à ONU no ano passado.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Economía

Prazo para prestar conta com o Leão começa nesta segunda-feira

Começa a correr nesta segunda-feira (01) o prazo para a apresentação das contas ao Leão. O contribuinte pode entregar a Declaração do Imposto de Renda até o dia 30 de abril e precisa ficar atento a algumas mudanças.

Baixar arquivo
Salud

Dia Mundial da Doença Raras marca importância do diagnóstico

No dia em que se celebra o Dia Mundial da Doença Rara nós temos uma missão, identificar a complexidade dessa luta junto à entidades, órgãos governamentais e pacientes.

Baixar arquivo
General

Chuvas fortes causaram estragos em várias regiões do país em fevereiro

Fevereiro se despede com chuvas fortes que causaram estragos em várias regiões do Brasil. O mapa meteorológico do país durante o mês ficou todo marcado com as cores amarela, laranja e vermelha, em alerta de perigo por causa da quantidade de chuvas.

Baixar arquivo
Salud

Novo decreto do governador do DF visa para diminuir aglomerações

O Distrito Federal entrou em lockdown neste domingo (28), valendo até o dia 15 de março. O novo decreto do governador Ibaneis Rocha, publicado nesse sábado, é para diminuir as aglomerações, já que faltam leitos hospitalares para covid-19.

Baixar arquivo
Economía

Postos de combustíveis vão receber dispositivo de certificação digital

Quem tem carro, moto ou caminhão sabe que as despesas com o combustível estão pesando cada vez mais no bolso.

Baixar arquivo
General

Pará entra no período de alta safra da pupunha e produção do palmito

Em época de alta safra da pupunha no Pará, especialista chama a atenção para mais investimentos neste mercado. 

Os detalhes com João Paulo Seabra Rádio Cultura FM de Belém. 

Baixar arquivo