Google atualiza resultado da pesquisa sobre síndrome de Down

Publicado en 14/09/2021 - 18:39 Por Gabriel Brum - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

Quem faz uma pesquisa no Google sobre a síndrome de Down já não recebe mais como resposta o termo doença. Agora, o resultado é condição genética. Essa alteração é comemorada pela influenciadora brasiliense Vitória Mesquita, que estimulou uma campanha nas redes sociais com a hashtag #atualizagoogle pela mudança.

A iniciativa começou com uma busca que retornou termos incorretos e ultrapassados. Milhares de pessoas aderiram à campanha de Vitória. Com o burburinho na internet, a informação chegou ao Hospital Israelita Albert Einstein, que é parceiro do Google em conteúdos sobre saúde. Por fim, veio o resultado do esforço e o material foi revisado.

Vitória, mais conhecida como Viti, tem 22 anos e, com a ajuda da irmã, mantém um perfil onde mostra seu dia a dia e procura desmistificar a síndrome de Down e falar de inclusão com leveza e bom humor.

A médica geneticista Angelina Acosta vê a mudança como positiva e reforça a importância do acompanhamento especializado precoce para o bom desenvolvimento de pessoas com síndrome de Down.

A diretora da Federação Brasileira das Associações de Síndrome de Down, Cléo Bohn, diz que a atualização no serviço de busca, que deixa de tratar a síndrome de Down como doença, é importante para a inclusão dessas pessoas na sociedade.

Segundo ela, a aceitação na família é o primeiro passo, mas é na escola que a inclusão social começa. Cléo diz que o Brasil já tem uma legislação construída, mas faltam recursos no orçamento e aplicação mais efetiva. É um trajeto longo a seguir, mas com bons resultados pelo caminho. Cléo Bohn diz que a sociedade precisa abraçar a causa das pessoas com deficiência, porque é um tema que toca a todos.

De acordo com o último Censo realizado pelo IBGE, em 2010, quase 24% da população tem alguma deficiência, seja porque nasceu com ela ou porque adquiriu ao longo da vida, por meio de uma doença ou acidente, por exemplo.

Edición: Nádia Faggiani / Beatriz Arcoverde

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Salud

STJ decide que plano de saúde deve custear remédio de canabidiol

O Superior Tribunal de Justiça determinou que uma operadora de plano de saúde forneça medicamentos à base de canabidiol a um paciente diagnosticado com epilepsia grave. O canabidiol é extraído da Cannabis sativa, planta conhecida como maconha.

Baixar arquivo
Política

PEC dos Precatórios deve ser votada nesta quarta na Câmara

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, marcou para esta quarta-feira a votação da PEC dos Precatórios. Prevista na pauta dessa terça-feira, Lira justificou que o adiamento foi necessário porque faltava conversar com alguns líderes sobre o texto.

Baixar arquivo
General

Santa Catarina passa a adotar número de RG igual ao do CPF em novembro

. Quem já tiver o RG, o número continua valendo, mas quem for emitir a primeira via já não vai contar com um número separado do RG.

Baixar arquivo
Salud

Alerj aprova liberação do uso de máscaras ao ar livre no estado do Rio

O projeto aprovado pela Alerj ainda precisa seguir para sanção ou veto  do governador Cláudio Castro, que tem um prazo de 15 dias para publicar a decisão.

Baixar arquivo
General

Roubo de cabos de energia dificultou trajetos do metrô em São Paulo

Segundo o Metrô, foram roubados 30 metros de cabos do sistema que alimenta a energia dos trens. A confusão começou por volta das 5h e também comprometeu a operação na Linha Azul.

Baixar arquivo
Salud

INCA alerta para perigos do consumo coletivo de narguilés na pandemia

Para além dos riscos da transmissão de doenças como a covid, caso a mangueira seja compartilhada, uma sessão de narguilé, que costuma durar entre 1hora a 90 minutos, equivale ao consumo de 100 cigarros comuns. 

Baixar arquivo