Senado aprova projeto que equipara crime de injúria racial ao racismo

Mudança tipifica como inafiançável ofensa ao indivíduo de raça negra

Publicado en 18/11/2021 - 19:16 Por Lucas Pordeus Leon - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

Na semana do Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra o Senado aprovou, nesta quinta-feira (18), por unanimidade, o projeto de lei que tipifica a injúria racial como racismo. A matéria agora segue para análise da Câmara dos Deputados.

Se aprovada, a legislação se alinha ao entendimento do Supremo Tribunal Federal que, em outubro deste ano, equiparou a injúria racial ao racismo e, por isso, tornou a injúria, assim como o racismo, um crime inafiançável e imprescritível.

O relator da matéria, senador Romário, do PL do Rio de Janeiro, defendeu que a proposta é um recado do parlamento sobre o racismo no Brasil.

Antes da decisão do STF, a injúria racial não diferenciada do crime de racismo. A injúria racial é a ofensa a alguém, um indivíduo, em razão da raça, cor, etnia ou origem. E o racismo é quando uma discriminação atinge toda uma coletividade ao, por exemplo, impedir que uma pessoa negra assuma uma função, emprego ou entre em um estabelecimento por causa da cor da pele.

A nova decisão do Supremo e o projeto hoje (18) aprovado no Senado equipara, de uma vez por todas, a injúria racial também como crime de racismo. A pena prevista também aumenta de 1 a 3 anos de reclusão, mais multa, para 2 a 5 anos de reclusão, mais multa.

Também por causa do Dia da Consciência Negra, o Senado aprovou projeto de lei que reconhece o sítio arqueológico Cais do Valongo, no Rio de Janeiro, como patrimônio da História Cultural Afro-brasileira. O relator desse projeto, senador Carlos Portinho, do PL fluminense, defendeu que a medida é essencial para a formação da identidade nacional e preservação do espaço.

O terceiro projeto em análise do Senado em razão do Dia da Consciência Negra, comemorado no dia 20 de novembro, é o texto que cria o Selo Zumbi dos Palmares e que premia municípios que adotem ações afirmativas de combate ao racismo.

Edición: Jacson Segundo / Guilherme Strozi

Últimas notícias
Cultura

Rádio Nacional do RJ pode ser declarada Patrimônio Imaterial do Estado

A Rádio Nacional do Rio de Janeiro poderá ser declarada Patrimônio Histórico e Cultural Imaterial do Estado. Um projeto de lei, de autoria dos deputados estaduais Mônica Francisco, do PSOL, e Waldeck Carneiro, do PSB, foi aprovado na Assembleia Legislativa.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

SP usa pela primeira vez a queima controlada para prevenir incêndios

A experiência está acontecendo na Estação Ecológica Jataí na cidade de Luís Antônio, no interior de São Paulo.

Baixar arquivo
Política

Câmara dos Deputados elege novos membros da mesa diretora

O deputado Lincoln Portela, do PL de Minas Gerais, foi eleito nessa quarta-feira para o cargo de vice-presidente da Câmara dos Deputados.

Baixar arquivo
Salud

Centro-oeste tem aumento de 165% dos casos de dengue

Os casos de dengue vêm crescendo no país. O centro-oeste lidera com mais de 855 mil casos prováveis da doença transmitida pelo Aedes Aegypti, segundo o Ministério da Saúde.

Baixar arquivo
Salud

Pesquisa alerta para publicidade ilegal de fórmulas infantis

Seis em cada dez farmácias e supermercados brasileiros infringem a legislação que regula o marketing de produtos que podem prejudicar a amamentação, diz pesquisa do Observa Infância.

Baixar arquivo
Salud

Podcast Entrevista é Nacional: Maio Roxo e as doenças intestinais

A campanha Maio Roxo conscientiza a população sobre as doenças inflamatórias intestinais . O médico Idblan Carvalho detalha os sintomas, o caminho até o diagnóstico e o tratamento das doenças de Crohn e da retocolite.

Baixar arquivo