Corte de verbas em universidades é tema de audiência pública na Câmara

Publicado en 06/06/2022 - 16:10 Por Sayonara Moreno - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

O financiamento e investimento nas universidades federais do Brasil foi tema de uma audiência pública, na Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, nesta segunda-feira (06). O requerimento havia sido aprovado, antes mesmo de o governo anunciar um corte de 14,5% nas verbas, no fim de maio.

Quem comandou o debate foi o deputado federal Rogério Correia (PT-MG), que justificou a reunião afirmando que era um pedido de estudantes, reitores e parlamentares. Membros de diversas entidades participaram do encontro online. Entre eles, a reitora da UFMG, Universidade Federal de Minas Gerais, Sandra Almeida. Ela citou um levantamento da instituição que aponta redução da evasão no ensino superior entre os estudantes assistidos por políticas de permanência, custeadas por verbas federais. Segundo a reitora, as instituições federais de ensino superior, assim como a UFMG, têm crescido em importância social, mas vêm perdendo espaço nos investimentos públicos.

Representando a Secretaria de Educação Superior do Ministério da Educação, Stephanie Silva, destacou que os cortes no orçamento da educação, por parte do Ministério da Economia, anunciados anteriormente, foram reduzidos de 14,5%, para 7,2%. Ela ainda acrescentou que o MEC vai continuar em busca de derrubar os mais de um bilhão e meio de reais ainda bloqueados.

O Vice-Presidente da ANDIFES, Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior, Evandro da Silva reforça que, devido ao acúmulo da inflação, nos últimos anos, e ao crescimento das instituições de ensino federais, os cortes são uma contradição.

Outro convidado para a audiência pública foi o presidente da Sociedade Brasileira pra o Progresso da Ciência, Renato Janine Ribeiro. Ex-ministro da educação, Ribeiro destacou a importância das universidades federais para as pesquisas e o crescimento do país.

Ao anunciar o contingenciamento, o governo federal explicou que a medida era necessária para cumprir o teto de gastos. Diante disso, entidades estudantis, como União Brasileira dos Estudantes Secundaristas, União Nacional dos Estudantes e Associação Nacional de Pós-Graduandos emitiram uma nota, convocando o Dia Nacional de Mobilização e Luta em defesa da Educação e da Ciência, para a próxima quarta-feira (08). Segundo as entidades, o corte “ameaça diretamente a sobrevivência de diversas instituições de ensino e pesquisa”, e afeta ações e projetos científicos em andamento.

Edición: Nádia Faggiani / Guilherme Strozi

Últimas notícias
Justicia

CNJ lança sistema para busca de ativos de pessoas físicas e jurídicas

O CNJ - Conselho Nacional de Justiça lançou, nesta terça-feira, um sistema digital para realização de busca de ativos e patrimônio de pessoas físicas e jurídicas em diversas bases de dados. 

Baixar arquivo
Justicia

Novo presidente do TSE, Alexandre de Moraes, defende a democracia

O ministro Alexandre de Moraes assumiu nesta terça-feira a presidência do Tribunal Superior Eleitoral. E o ministro Ricardo Lewandowski tomou posse como vice-presidente da Corte Eleitoral.

Baixar arquivo
Salud

Anvisa lança alerta sobre falsificação do medicamento somatropina

A agência também entregou para a Polícia Federal um dossiê de investigação sanitária, que deve ajudar na apuração das denúncias de falsificação da somatropina.

Baixar arquivo
Economía

Conselho Brasil-OCDE realiza encontro no Palácio do Planalto

O Conselho Brasil-OCDE realizou uma reunião no Palácio do Planalto para analisar o processo de entrada do país na organização internacional.

Baixar arquivo
Política

STF media reunião entre estados, DF e União para discutir o ICMS

Estados, e Distrito Federal, de um lado, e União, do outro, se reuniram no Supremo Tribunal Federal, nesta terça-feira, para tentar chegar a um acordo sobre o ICMS dos combustíveis.

Baixar arquivo
General

Passageiro entra em surto e quebra poltronas de avião da Gol

As imagens do homem chutando as cadeiras até elas quebrarem circulou pelas redes sociais. O avião saiu do aeroporto de Congonhas, em São Paulo, com destino a Recife, no domingo à noite.

Baixar arquivo