ONU: eventos climáticos extremos são resultado do aquecimento global

Desde 1880, 16 dos 17 anos mais quentes foram a partir de 2001

Publicado en 28/11/2023 - 08:01 Por Oussama El Ghaouri - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

A Organização das Nações Unidas considera que os eventos climáticos extremos são consequência do aquecimento global. Por exemplo, segundo a Agência Aeroespacial Norte-Americana (NASA), 16 dos 17 anos mais quentes, desde 1880, foram a partir de 2001. Essa elevação da temperatura do planeta já provoca o derretimento de geleiras e o aumento do nível do mar.

Só pra se ter uma ideia, entre 1971 e 2010, o nível do mar no mundo subia em média 2 milímetros por ano. Mas entre 1993 e 2016, esse ritmo foi quase 75% maior, chegando a 3,4 milímetros por ano. 

Em agosto o serviço de informação climática da União Europeia registrou a mais alta temperatura média da superfície dos oceanos, 20,96 graus célsius, por isso a ONU alerta, é preciso tomar providências para minimizar o aquecimento global e as mudanças climáticas. É que as consequências vão além dos prejuízos materiais causados pelos eventos climáticos extremos.

A ONU alerta que doenças como malária, dengue e cólera, podem se espalhar ainda mais e novas pandemias podem surgir e a extinção de animais e vegetais também está nesta conta. Para especialistas, a falta de alimentos e de água pro nosso consumo estão entre os riscos das mudanças climáticas.

Estudiosos da área advertem que é preciso combater o aquecimento global. Mas para agir é necessário entender como isso acontece. A terra tem ao seu redor uma camada de gases chamada atmosfera. É ela que mantém a temperatura favorável à vida. Isso porque sua composição faz com que ela seja mais permeável a entrada da energia do sol e menos a saída de energia da terra. Isso faz com que parte do calor fique retido aqui no planeta. Criando um efeito semelhante ao de uma estufa.

O professor do Instituto de Geociências da Universidade de Brasília Gustavo Macedo de Melo Batista dá mais detalhes sobre esse processo. 

O professor Gustavo explica o que aconteceria caso esse efeito estufa não existisse.

O problema é que certas atividades humanas aumentam a quantidade de substâncias do efeito estufa na atmosfera. É o caso, por exemplo, da cadeia do petróleo, que retira do subsolo combustíveis fósseis como a gasolina. Quando ela queima, lança na atmosfera, uma quantidade extra de compostos a base de carbono, como gás carbônico e o gás metano e de nitrogênio, como o óxido nitroso. É o que detalha o professor Gustavo Batista.

Na próxima reportagem você vai entender como a agropecuária contribui para o aquecimento global e como isso pode se voltar contra ela mesma e determinar a insegurança alimentar no mundo.

* Com produção de Salete Sobreira, edição de Sheily Noleto e sonoplastia de José Maria Pardal.

Edición: Sheily Noleto / Pedro Lacerda

Últimas notícias
Cultura

Lula participa da abertura da 4ª Conferência Nacional da Cultura

A iniciativa reúne as principais representações públicas culturais do país para discutir o Plano Nacional de Cultura dos próximos 10 anos. O evento ocorre entre os dias 4 e 8 de março, em Brasília.

Baixar arquivo
Justicia

Uber pede ao STF que suspenda processos sobre vínculo trabalhista

Na petição encaminhada ao STF, o escritório que representa a empresa sustenta que a medida é necessária para aguardar o posicionamento final da Corte sobre o tema. Na semana passada, o STF reconheceu a chamada repercussão geral sobre o tema.

Baixar arquivo
Segurança

Dois detentos fogem de penitenciária em Campo Grande

Foi a primeira fuga registrada no sistema penitenciário federal no Mato Grosso desde que ele foi criado, em 2006, para isolar lideranças de organizações criminosas e presos de alta periculosidade.

Baixar arquivo
Cultura

Conferência Nacional de Cultura retorna, valorizando a diversidade

A quarta Conferência Nacional de Cultura marca o retorno do Ministério da Cultura, extinto em 2019. A última conferência foi em 2013.

Esse evento é importante porque é um espaço de debate de políticas públicas de cultura.

Baixar arquivo
Política

Lula apresenta projeto que regula trabalho de motorista de aplicativo

O projeto só atinge motoristas que transportam passageiros por carro. Outras modalidades de entrega, com moto e bicicleta, não fazem parte do acordo.

Baixar arquivo
Salud

Amazonas declara surto de febre oropouche

Estado registrou 1.670 casos desde o início do ano. A doença é transmitida pelo mosquito Culicoides paraenses, mais conhecido como maruim. Os sintomas são o mesmo da dengue: febre, dor de cabeça, dor nas articulações, vômito, diarreia. Ainda não há mortes relacionadas à doença

Baixar arquivo