Com salários em atraso, Vasco enfrenta Cabofriense

Falta de criatividade e de gols também irritam a torcida

Publicado em 28/01/2020 - 16:29 Por Rodrigo Ricardo - Repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

Com apenas quatro pontos em três rodadas, o Vasco entra campo em São Januário, na quinta-feira (30), pressionado contra a Cabofriense. O time está na quarta colocação do Grupo B do Campeonato Carioca, atrás de Fluminense e Madureira com nove pontos, e do Volta Redonda com seis.

A equipe de Abel Braga é criticada pela falta de criatividade e ofensividade. O ataque cruzmaltino só marcou um gol até agora, com Germán Cano. Contratado para esta temporada, o atacante argentino também falou sobre um velho problema na Colina, salários atrasados.

“Pagamento do salário é muito importante para cada jogador dar o melhor dentro de campo. E esperamos fazer o melhor para ganhar a próxima partida”, cobrou Cano.

Ouça na Rádio Nacional

Fora de campo, a diretoria vascaína corre atrás de recursos para quitar os salários. Já o técnico Abel Braga vem participando de encontros sociais com o elenco para melhorar o astral do grupo.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias