Fernando Miguel explica conversa entre jogadores e Alexandre Campello

Goleiro revela o que espera de Abel Braga e da concorrência com Jordi

Publicado em 10/01/2020 - 12:05 Por Mauricio Costa - Repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

Dias melhores. É no que acredita Fernando Miguel para o Vasco no ano de 2020. Depois de ter lutado contra o rebaixamento em 2019, o elenco cruzmaltino voltou a trabalhar em campo na manhã de hoje (10) no CT do Almirante, em Vargem Pequena, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. No dia anterior, além de exames médicos, os jogadores se reuniram com o presidente Alexandre Campello. O clube ainda deve o salário de novembro do ano passado e o 13º. O goleiro revelou o que pôde sobre o tom da conversa.

“É um assunto interno nosso, acho que o Campello tem tido uma postura de ser transparente com todos: com o torcedor, com a gente. Foi uma conversa nesse sentido, daquilo que tem acontecido (...). A gente tem expectativa que as coisas melhorem, avancem fora de campo e o mais importante é que a gente continue com esse elo e nessa campanha de unidade total do Vasco, jogadores, diretoria e principalmente torcedores. Precisamos ser fortes em todos os sentidos para que dentro de campo continuemos fazendo com que as melhoras durante o ano passado continuem em 2020”.

Ouça na Rádio Nacional

O Vasco até agora só apresentou um reforço, o atacante argentino Germán Cano. Por outro lado, teve o retorno de Jordi. O goleiro criado na base do clube estava emprestado ao CSA. Depois de uma ótima temporada pelo time alagoano, Jordi deve disputar vaga de titular no gol cruzmaltino. Fernando Miguel não vê problema com a concorrência.

“Eu trato meus companheiros com muito respeito e igualdade em todos os lugares por onde eu passo. Eu já via o Jordi como um grande goleiro antes mesmo de ele ter essa visibilidade toda que ele teve no CSA ano passado. A gente sempre trabalha com respeito, com honestidade e com parceria. Um ambiente saudável para conseguir avançar e crescer precisa ser assim e, principalmente, cada um entregando o seu melhor para que o Vasco avance”.

O Vasco vai precisar muito da força da base. Em 2019, Marrony, Talles Magno, Bruno Gomes e Gabriel Pec foram bastante utilizados por Vanderlei Luxemburgo. Em 2020, a expectativa é de que o técnico Abel Braga siga o mesmo caminho. Fernando Miguel fala sobre o que espera do novo treinador.

“O Abel é um cara super vencedor, que dispensa comentários. A gente espera fazer uma parceria bacana com ele, que a gente consiga ter a capacidade de entender as ideias dele e colocá-las em prática. O que fala por nós e pelo trabalho de todos são os resultados de campo, então a gente espera em 2020 avançar mais, conquistar mais e melhorar. É essa a nossa expectativa e é pra isso que vamos trabalhar todos os dias”.

O Vasco anunciou ontem que rompeu o contrato com a fornecedora de material esportivo Diadora. Entretanto, a marca italiana vai assinar os uniformes cruzmaltinos até o fim do Campeonato Carioca. O clube também oficializou o patrocínio da loja de departamentos Havan por um ano. O logotipo será estampado nas mangas das camisas do time.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias