TAS anula banimento do Manchester City de competições europeias

Tribunal de Arbitragem do Esporte também reduziu valor da multa

Publicado em 13/07/2020 - 13:27 Por Rafael Monteiro - Repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

O Tribunal de Arbitragem do Esporte (TAS), órgão internacional independente criado para resolver disputas relacionadas ao esporte, anulou nesta segunda (13) a decisão da Uefa de banir o Manchester City de competições europeias por duas temporadas. A pena foi imposta em fevereiro deste ano.

Naquela ocasião, a Câmara de Decisões do Organismo de Controle Financeiro (CFCB) da entidade europeia acusou o clube inglês de violar regras do Fair Play financeiro e de não colaborar com as investigações.

Além disso, o City ainda conseguiu reduzir a outra parte da pena. A multa de 30 milhões de euros foi reduzida para 10 milhões de euros.

Na publicação, o TAS disse que o processo dirigido pelo CFCB carecia de provas: “O CAS enfatizou que a maioria das supostas violações relatadas pela Câmara Adjudicatória do CFCB não foram estabelecidas ou tinha prazo estipulado. Como as acusações relativas a qualquer ocultação desonesta de fundos de ações eram violações claramente mais significativas do que obstruir as investigações da CFCB, não era apropriado impor a proibição de participar nas competições de clubes da UEFA pelo fracasso do MCFC [Manchester City] em cooperar apenas com as investigações do CFCB”.

Após a publicação, o clube inglês aproveitou para parabenizar o órgão jurídico: "Embora o Manchester City e seus consultores jurídicos ainda não tenham analisado a decisão completa do Tribunal de Arbitragem do Esporte (TAS), o clube deseja expressar satisfação com as implicações da decisão de hoje que valida a posição do clube e do conjunto de evidências apresentadas. O clube deseja agradecer ao TAS e aos membros do painel árbitros por sua diligência e pelo devido processo que eles administraram".

* Matéria alterada para corrigir informação às 14h40. Diferentemente do informado, a redução da multa foi de dois terços do seu total, dando o total de 10 milhões de euros.

Edição: Fábio Lisboa

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
A cúpula  maior, voltada para cima, abriga o Plenário da Câmara dos Deputados.
Política

Câmara aprova MP amplia uso de assinatura eletrônica

Objetivo da MP é facilitar o uso de documento assinados digitalmente para ampliar o acesso a serviços públicos digitais. Texto segue para o Senado.

la bombonera, estádio do boca juniors
Esportes

Equipes do futebol argentino voltam a treinos presenciais

Após paralisação de cinco meses causada pela pandemia de coronavírus, 16 das 25 equipes da primeira divisão do país sul-americano retornaram às atividades presenciais.

Programa de Incentivo à Cabotagem, BR do Mar,
Geral

Programa de incentivo marítimo BR do Mar é entregue ao Congresso

O governo entregou hoje o projeto de lei BR do Mar - iniciativa que visa expandir o tráfego marítimo de mercadorias em todo o território nacional.

 

cruzeiro guarani
Esportes

Série B: Cruzeiro vence Guarani por 3 a 2 fora de casa

Segunda rodada também teve triunfos de Juventude, Paraná e Botafogo SP, além do empate entre Brasil de Pelotas e Ponte Preta.

Mega-Sena, loterias, lotéricas
Geral

Mega-Sena acumula e próximo sorteio deve pagar R$ 12,5 milhões

A quina teve 16 acertadores e cada um vai receber R$ 81.484,20. Os 1.545 ganhadores da quadra receberão o prêmio individual de R$ 1.205,49.

 Esculturas de musas na fachada do prédio da sede do Museu Nacional, na Quinta da Boa Vista, zona norte da cidade
Geral

Alerj autoriza repasse de verbas para obras no Museu Nacional

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro autorizou o repasse de verbas complementares para a reconstrução do Museu Nacional, destruído por um incêndio em 2018.