Fluminense transmite final da Taça Rio e confia em superação

Nenê acredita que equipe pode surpreender Flamengo e sair com o título

Publicado em 07/07/2020 - 14:32 Por Maurício Costa - Repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

A final da Taça Rio tem hora marcada, local confirmado e transmissão divulgada. O Fluminense emitiu uma nota oficial nesta terça (7) informando que recebeu autorização da TV Globo e vai exibir a partida contra o Flamengo, no Maracanã, às 21h30min. A FluTV, canal oficial do clube no Youtube, passará o jogo de forma gratuita e irrestrita.

Para a torcida tricolor, será a chance de finalmente ver o time fazer uma boa exibição desde o retorno do Campeonato Carioca. Em três partidas, foram dois empates e uma derrota. Com o posicionamento contra a disputa da competição neste momento, o Fluminense teve menos dias de treinamento, e isso pode ter influenciado nos resultados.

Para o jogo desta quarta (8), a diferença física em relação ao Flamengo precisa ser superada em campo, como explica o meia Nenê: “Isso a gente vai ter que fazer valer dentro de campo, na força mental, na nossa qualidade, na nossa união. A pressão realmente é muito grande, mas eles são favoritos. Podemos demonstrar que dentro de campo tudo é diferente, tudo pode acontecer. São 11 contra 11 e tá 0 a 0 ainda o jogo. Então teremos que saber tirar essa parte e não pensar no que estamos em dificuldade, e sim no que estamos progredindo e podemos fazer em relação ao jogo para conquistar a Taça Rio”.

Outra explicação para o rendimento abaixo do esperado do Fluminense é a fase de adaptação. Sem Evanílson e com Fred em campo, o time muda a forma de jogar. Se antes o Flu apostava na velocidade, agora utiliza mais a experiência do camisa 9 para jogar de costas para o gol e confia no seu poder de finalização. Entretanto, o time precisa se acostumar com o novo esquema de jogo.

“Já tínhamos um entrosamento grande, sabemos como jogar, fizemos muitos gols, e agora é uma maneira dele encontrar formas variadas no caso de precisar em um jogo do Brasileiro ou até do Carioca mesmo. Para termos mais opções de ataque e não ficar apenas em um sistema de jogo é a maior mentalidade dele. É normal essa falta de entrosamento ainda com o Fred, o que não dá pra ser treinado, tentamos conversar, tentamos organizar. Isso é uma coisa normal, é pouco a pouco, fisicamente também ainda estamos entrando no ritmo, temos menos tempo de treino. Então é totalmente normal termos mais dificuldade neste começo”, disse Nenê.

Flamengo e Fluminense jogaram duas vezes pelo Campeonato Carioca de 2020. No primeiro encontro, vitória tricolor contra um time alternativo do rubro-negro por 1 a 0, com gol de Nenê, de calcanhar. Na semifinal da Taça Guanabara, já com a equipe titular, o Fla venceu, mas o jogo foi mais difícil do que muitos imaginavam. Após sair perdendo por 3 a 0 ainda no primeiro tempo, o Fluminense reagiu e quase conseguiu o empate.

Ouça na Rádio Nacional

Nenê afirma que a partida serve de exemplo para o confronto desta quarta: “Não tem time imbatível no Brasil nem no mundo. Chega dentro do campo é 11 contra 11. Tudo bem, eles estão melhores preparados fisicamente, o time realmente é muito técnico, qualificado, mas sabemos como o futebol funciona, tudo é possível. Pego exemplo nosso mesmo, no segundo tempo do jogo que perdemos por 3 a 2, demos muita dificuldade para o time deles, soubemos sair da pressão deles, que é muito boa, são muito organizados. Mas demos muitos problemas, então também sabemos onde podemos atacar, onde podemos utilizar nossas armas. Metade do primeiro tempo e o segundo tempo inteiro jogamos de igual para igual, fizemos três ou quatro gols, e o VAR [árbitro de vídeo] tirou dois gols nossos. Tem que acreditar que podemos vencer como qualquer outro time”.

Flamengo e Fluminense se enfrentam às 21h30min, no Maracanã, pela final da Taça Rio. Se o Flamengo vencer, conquista o Campeonato Carioca, uma vez que já levantou a Taça Guanabara e possui a melhor campanha no geral. Em caso de vitória do Fluminense, a dupla vai decidir o Estadual em outras duas partidas.

Edição: Fábio Lisboa

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Guilherme Arana revela saudade dos jogos
Esportes

Arana projeta boa estreia do Atlético-MG contra o Fla no Brasileirão

Lateral-esquerdo confia nas qualidades do time para um bom campeonato: juventude e velocidade. O primeiro duelo será no domingo, às 16h, no Maracanã. 

 

Incêndio no Parque Nacional da Serra dos Órgãos (Divulgação/Parnaso)
Geral

Bombeiros combatem fogo na Serra dos Órgãos pelo terceiro dia seguido

Criado em 1939, o Parnaso é o terceiro parque mais antigo do país e costuma ser procurado para prática de esportes de montanha, como escalada, caminhada e rapel.

Fachada do edifício sede do Supremo Tribunal Federal - STF
Geral

STF: teto constitucional incide sobre soma de pensão e aposentadoria

Com a decisão, o valor dos ganhos não pode ultrapassar R$ 39,2 mil, valor do salário dos ministros da Corte, que foi definido pela Constituição como teto.

Supermercado na zona sul do Rio de Janeiro
Economia

Custo da cesta básica caiu em 13 capitais no mês de julho, diz Dieese

Por conta da pandemia, o Dieese suspendeu a coleta presencial de preços e começou a coletar os preços por meio de telefone, aplicativos de entrega, e-mail e consultas na internet.

Governo de São Paulo inicia testes com vacina contra o novo coronavírus.
Saúde

Hospital das Clínicas de Campinas começa testes de vacina contra covid

O Instituto Butantan deve concluir em outubro ou novembro os testes com cerca de 9 mil voluntários em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Paraná.

Agente penitenciário
Geral

Agentes prisionais tiveram saúde mental abalada na pandemia

Pesquisa da Fundação Getúlio Vargas coletou informações sobre a percepção dos profissionais sobre impactos da pandemia no trabalho, no bem-estar e nas relações com os presos.