Colômbia pede adiamento da Copa América

Solicitação feita à Conmebol é motivada por crise social

Publicado em 20/05/2021 - 21:20 Por Luis Jaime Acosta - Bogotá (Colômbia)

A Colômbia pedirá à Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) o adiamento da Copa América até que o público possa entrar nos estádios, anunciou nesta quinta-feira (20) o ministro do Esporte do país, Ernesto Lucena.

A principal competição de seleções do continente será disputada pela primeira vez em dois países, após a Conmebol aprovar as sedes de Colômbia e Argentina, a partir de 13 de junho.

Lucena garantiu que o ideal seria ter pelo menos 50% da capacidade dos estádios e disse que a decisão final será da entidade que comanda o futebol sul-americano.

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, propôs na última terça-feira (18) que seu país “organize sozinho” a Copa América, caso a Colômbia não possa sediá-la por causa da crise política, econômica e social que atravessa e que se soma à pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Os últimos confrontos da Copa Libertadores disputados na Colômbia foram afetados por protestos sociais, e os jogadores da liga local exigiram a suspensão do campeonato.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias