Santiago 2023: Augusto Akio garante prata no skate park

Dia também foi marcado por medalhas na natação e no taekwondo

Publicado em 22/10/2023 - 19:55 Por Juliano Justo - Repórter da EBC - São Paulo

Augusto Akio conquistou a medalha de prata no skate park masculino dos Jogos Pan-Americanos, que estão sendo disputados em Santiago (Chile). O brasileiro somou 84,12 pontos na segunda tentativa, no Urban Sports Esplanade neste domingo (22), para confirmar o lugar no pódio. O norte-americano Taylor Nye (com 86,68 pontos) foi medalhista de ouro, enquanto o porto-riquenho Steven Pineiro somou 83,24 pontos para ficar com o bronze.

“Tive alguns momentos de euforia e desatenção que me tiraram de cima do skate no começo, quando errei. Conversei com a equipe e senti a energia do público, isso me tranquilizou. Entrei na segunda volta para apresentar um skate de qualidade e na terceira eu queria realmente fazer algo extraordinário. Essa medalha representa muito e vou continuar me preparando para evoluir enquanto skatista e pessoa”, declarou Akio à assessoria de imprensa do Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

No skate, o Brasil fechou os Jogos Panamericanos com cinco medalhas de seis possíveis: dois ouros, com Rayssa Leal e Lucas Rabelo no skate street, e três pratas, Pâmela Rosa no street e Raicca Ventura e Augusto Akio no park.

Medalhas na natação

A delegação verde e amarela foi ao pódio cinco vezes neste domingo nas disputas da natação no Centro Aquático do Estádio Nacional de Santiago (Chile). O destaque foi o revezamento 4x100 metros livre misto, que, com Guilherme Caribé, Marcelo Chierighini, Ana Carolina Vieira e Stephanie Balduccini, garantiu o ouro, além do recorde da competição.

Já Maria Fernanda Costa ficou com a prata nos 200 metros livre com o tempo de 1min58s12. Na versão masculina da prova, Murilo Sartori foi bronze completando a distância em 1min47s95. Além disso, Vinícius Lanza levou a prata nos 100 metros borboleta e Alexia Assunção foi bronze nos 200 metros costa.

Conquistas no taekwondo

No taekwondo, Maria Clara Pacheco foi superada na decisão da categoria até 57 quilos. O detalhe é que a atleta brasileira estava obtendo a medalha de ouro com apenas um segundo para o final do duelo. Mas ela levou uma punição e acabou perdendo o combate decisivo. A outra medalha veio na categoria até 80 quilos, um bronze com Lucas Ostapiv.

Edição: Fábio Lisboa

Últimas notícias