Bimotor desaparecido há 36 dias é localizado em meio à mata no Pará

Publicado em 23/04/2014 - 10:14 Por Ivan Richard - Repórter da Agência Brasil - Brasília

Um garimpeiro localizou ontem (22) no final da tarde, a cerca de 16 quilômetros do centro do município de Jacareacanga, no sudeste do Pará, em uma região de mata fechada, o bimotor Beechcraft BE 58 Baron, desaparecido desde o dia 18 de março. A aeronave, que transportava cinco pessoas, desapareceu cerca de uma hora depois de decolar do Aeroporto de Itaituba com destino a Jacareacanga. Ainda não há informações sobre as vítimas.

De acordo com o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), um garimpeiro informou ter encontrado os destroços de um avião a 10 milhas (1 milha equivale a 1.609 metros) do centro de Jacareacanga. Três militares da Força Aérea Brasileira (FAB), acompanhados de policiais militares, chegaram até o local indicado no início da noite e identificaram a aeronave.

Devido à falta de luminosidade, os militares não entraram no equipamento para verificar se há pessoas dentro dele. Equipes da FAB estão se deslocando para o local hoje (23).

A aeronave de prefixo PR-LMN, pertencente à empresa Jotan Taxi Aéreo, prestava serviço à Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), ligada ao Ministério da Saúde. De acordo com ministério, estavam a bordo as técnicas de enfermagem Rayline Sabrina Brito Campos, Luciney Aguiar de Sousa e Raimunda Lúcia da Silva Costa, o motorista Ari Lima e o piloto Luiz Feltrin. Eles substituiriam as equipes que já prestavam atendimento às aldeias da etnia indígena  Munduruku, na região de Jacareacanga.

Após 17 dias de buscas, 161 horas de sobrevoos com helicópteros e um avião P-3 Orion, com sensores capazes de detectar peças metálicas, a procura pelo bimotor foi suspensa no último dia 3, quando até então haviam coberto área de 15.800 km² nas operações. Com as operações mais recentes, a FAB informou que a área foi ampliada para 28.000 km². Índios da região chegaram a colaborar nas buscas.

Edição: Valéria Aguiar

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Voltar ao topo da página