Justiça determina fim da ocupação Copa do Povo, na zona leste de São Paulo

Publicado em 07/05/2014 - 20:00 Por Daniel Mello - Repórter da Agência Brasil - São Paulo

O juiz Celso Maziteli Neto, da 3ª Vara Cível de Itaquera, em São Paulo, concedeu hoje (7) uma liminar determinando o fim da ocupação intitulada Copa do Povo. O acampamento montado por militantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) reúne cerca de 1,5 mil famílias em Itaquera, zona leste paulistana. Os barracos estão a 4 quilômetros do estádio do Corinthians, o Itaquerão.

Pela decisão judicial, os ocupantes serão intimados a deixar o imóvel em 48 horas. Caso isso não ocorra, o juiz autorizou uma ação de reintegração de posse. Ofício requisitando força policial já foi expedido à Polícia Militar. “Deverão ser retiradas da área todos os ocupantes que lá forem encontrados”, enfatizou o magistrado.  Maziteli Neto determinou ainda a notificação da Defesa Civil, da Subprefeitura de Itaquera e do Conselho Tutelar da região - “ante ao fato de que possivelmente há crianças dentre os ocupantes”.

O MTST ocupou a área de 150 mil metros quadrados para protestar contra a falta de moradias para a população mais pobre, em contraste com os bilhões gastos para viabilização do Mundial. A ocupação é a segunda maior do movimento, ficando atrás apenas da chamada Nova Palestina, na zona sul da capital, que conta com mais de 2,5 mil famílias. 

Edição: Helena Martins

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias