Polícia do Rio investiga suspeitos de atos violentos em protestos

Publicado em 11/06/2014 - 12:24 Por Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

A Polícia Civil cumpriu hoje (11) 17 mandados de busca e apreensão com o objetivo de investigar atos violentos durante protestos no estado do Rio de Janeiro. Dez pessoas foram encaminhadas à Delegacia de Repressão a Crimes contra a Informática (DRCI), para serem ouvidas no inquérito, entre elas a ativista Elisa Quadros, conhecida como Sininho.

Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos nas casas de suspeitos na cidade de Niterói, no Grande Rio; e na Barra da Tijuca, no centro, em Copacabana, no Catete, em Bangu e Botafogo, na cidade do Rio de Janeiro.

A ação de hoje é um desdobramento de inquérito aberto no ano passado. Três homens já haviam sido presos por formação de quadrilha e incitação à violência. Ninguém foi preso na ação de hoje e o material apreendido será analisado pela DRCI.

Edição: Juliana Andrade

Últimas notícias