Mais um tanque de combustível pega fogo na Baixada Santista

Publicado em 04/04/2015 - 15:34 Por Flávia Albuquerque - Repórter da Agência Brasil - São Paulo

Incêndio atinge tanques de combustível em Santos (Divulgação/Corpo de Bombeiros de São Paulo)

Incêndio dura mais de 50 horasDivulgação/Corpo de Bombeiros de São Paulo

O incêndio que começou quinta-feira (2) em depósitos de álcool e gasolina da empresa Ultracargo, no terminal da Alemoa, em Santos, litoral paulista, se alastrou hoje (4) para o sexto tanque, de acordo com informações da empresa. Quatro reservatórios estão em chamas, enquanto dois pararam de queimar. O tanque atingido há pouco tem gasolina, segundo a empresa.

Na mesma bacia de contenção há mais dois tanques. Um deles está vazio e o outro contém etanol. Nenhum deles foi afetado até o momento. Os trabalhos das equipes de combate ao incêndio estão focados no resfriamento do tanque que contém etanol, com o objetivo de deter a propagação do fogo. De acordo com a empresa, o incidente prossegue sem mortos e feridos.

“As companhias que atuam no Porto de Santos estão colaborando ativamente no combate ao incidente por meio da cessão de equipamentos e recursos humanos. Com esse objetivo, as empresas e órgãos públicos mantêm duas frentes regulares de colaboração: o Plano Integrado de Emergência, da Associação Brasileira de Terminais de Líquidos [ABTL], e o Plano de Ajuda Mútua, que engloba também indústrias dos municípios vizinhos de Cubatão e Mauá”, informou a Ultracargo.

O Corpo de Bombeiros informou que continua atuando para tentar conter e apagar o incêndio, iniciado às 10h da última quinta-feira. São 91 homens, que contam com o apoio de caminhões da Baixada Santista e outros enviados de São Paulo, dos quais são lançados jatos de espuma, além de um navio que retira água do canal do Porto de Santos e dois rebocadores. Mais 90 brigadistas de empresas que ficam nas proximidades apoiam o combate ao fogo. Não há previsão para o fim do incêndio, que pode durar mais de quatro dias.

O prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa, disse na manhã de hoje, no local, que a prefeitura está dando toda a retaguarda para o trabalho dos Bombeiros e, caso a população deseje informações atualizadas, basta procurar os canais de comunicação do Executivo municipal. Em sua página em uma rede social, o prefeito afirmou que o incêndio é de grandes proporções, mas o Corpo de Bombeiros está fazendo um grande trabalho para conter o fogo. Além disso, ele garantiu que a qualidade do ar na cidade não foi comprometida, e que a população não corre riscos, de acordo com monitoramento da Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb), que foi acionada pela prefeitura para observar a situação.

O porta-voz do Corpo de Bombeiros, Marcos Palumbo, disse que a corporação está fazendo todo o possível para atingir os pontos principais do incêndio e tentar extinguir o fogo com a água do canal de Santos. “É uma operação em conjunto com a prefeitura de Santos e as empresas que estão nos apoiando. Acreditamos que vamos conseguir. A tarefa está sendo vencida de forma gradativa e precisa ser feita dessa forma devido à sua complexidade”.

Segundo Palumbo, já foram utilizados 4 bilhões de litros de água retirada do mar: “Todos nós ficamos aflitos em apagar logo o incêndio, mas não é assim que funciona. A água evapora antes de chegar ao fogo devido à alta temperatura. O risco principal é o de pegar em outro tanque, tendo em vista o calor de 800 graus. Não é fácil fazer a extinção desse fogo, mas já evoluímos bastante resfriando os outros tanques”. Devido ao incêndio, um dos acessos ao Porto de Santos foi bloqueado pelas autoridades.

Edição: Jorge Wamburg

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
A cúpula  maior, voltada para cima, abriga o Plenário da Câmara dos Deputados.
Política

Câmara aprova MP amplia uso de assinatura eletrônica

Objetivo da MP é facilitar o uso de documento assinados digitalmente para ampliar o acesso a serviços públicos digitais. Texto segue para o Senado.

la bombonera, estádio do boca juniors
Esportes

Equipes do futebol argentino voltam a treinos presenciais

Após paralisação de cinco meses causada pela pandemia de coronavírus, 16 das 25 equipes da primeira divisão do país sul-americano retornaram às atividades presenciais.

Programa de Incentivo à Cabotagem, BR do Mar,
Geral

Programa de incentivo marítimo BR do Mar é entregue ao Congresso

O governo entregou hoje o projeto de lei BR do Mar - iniciativa que visa expandir o tráfego marítimo de mercadorias em todo o território nacional.

 

cruzeiro guarani
Esportes

Série B: Cruzeiro vence Guarani por 3 a 2 fora de casa

Segunda rodada também teve triunfos de Juventude, Paraná e Botafogo SP, além do empate entre Brasil de Pelotas e Ponte Preta.

Mega-Sena, loterias, lotéricas
Geral

Mega-Sena acumula e próximo sorteio deve pagar R$ 12,5 milhões

A quina teve 16 acertadores e cada um vai receber R$ 81.484,20. Os 1.545 ganhadores da quadra receberão o prêmio individual de R$ 1.205,49.

 Esculturas de musas na fachada do prédio da sede do Museu Nacional, na Quinta da Boa Vista, zona norte da cidade
Geral

Alerj autoriza repasse de verbas para obras no Museu Nacional

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro autorizou o repasse de verbas complementares para a reconstrução do Museu Nacional, destruído por um incêndio em 2018.