Caixa coloca à venda mais de 5 mil imóveis do Minha Casa, Minha Vida no Rio

Publicado em 15/05/2015 - 16:48 Por Da Agência Brasil - Rio de Janeiro
Atualizado em 15/05/2015 - 18:22

O Feirão da Casa Própria do Rio de Janeiro, aberto hoje (15), coloca à venda 5,2 mil imóveis financiados com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), no valor de até R$ 190 mil para famílias com renda de até R$ 5,4 mil, inscritas no Programa Minha Casa, Minha Vida. O governador do estado, Luiz Fernando Pezão, ressaltou na abertura do feirão a necessidade de fortes investimentos em construção civil para manter o país na rota do crescimento.

"Não tem nada melhor do que a construção civil. Se a gente quer o Brasil crescendo e progredindo, investir na construção civil é essencial. É a atividade que mais gera emprego. A gente não pode brincar de paralisar investimentos nessa área", disse Pezão.

Apesar da crise econômica e no crédito imobiliário, o superintendente regional da Caixa Econômica Federal, José Domingos, espera chegar a números próximos dos do ano passado. "A nossa expectativa é mais um feirão de sucesso. Queremos chegar perto do resultado obtido em 2014, quando tivemos mais de 50 mil visitantes e fechamos negócios superiores a R$ 1,5 bilhão. Esperamos ajudar novas famílias a realizar o sonho da casa própria".

Ao todo, estão à venda 22,4 mil imóveis. Desses, 14 mil são novos, em lançamento ou prontos. Para esse público, segundo a Caixa, o financiamento continua com uma cota de 80%. "Os imóveis usados tiveram um ajuste na cota de financiamento, que reduziu de 80% para 50% em alguns casos e em outros de 70% para 40%, mas não sofreram qualquer alteração nos prazos e nas taxas. Além disso, as unidades do Programa Minha Casa, Minha Vida e com recursos do FGTS não sofreram alterações de cota, nem de prazo nem de taxa de juros. No casos dos imóveis novos, a entrada continua sendo de 20%", destacou Domingos.

*Matéria ampliada às 18h22

Edição: Marcos Chagas

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias