Hospital da Unicamp fecha a pediatria por superlotação

Publicado em 01/04/2016 - 09:43 Por Fernanda Cruz - Repórter da Agência Brasil - São Paulo

O Hospital de Clínicas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) decidiu suspender o atendimento pediátrico no seu pronto-socorro em razão da superlotação. Desde ontem (31), a enfermaria e a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica não recebem novos pacientes por questões de segurança aos internados.

Segundo a Unicamp, a UTI infantil tem capacidade para manter dez pacientes, mas está com 12. A enfermaria também apresenta ocupação total, com oito crianças respirando com ajuda de aparelhos.

“A Superintendência do Hospital de Clínicas da Unicamp esclarece que todas as equipes da pediatria não têm medido esforços para prestar um atendimento digno aos pacientes recebidos na unidade e, por isso, conta com a compreensão da população até que a situação se normalize”, informa a nota.

Edição: Talita Cavalcante

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias