Presidente da França defende acordo do clima assinado em Paris

Publicado em 16/11/2016 - 13:50 Por Alex Rodrigues – Repórter da Agência Brasil - Brasília

O presidente da França, François Hollande, defendeu a irreversibilidade do plano de ação global acordado durante a 21ª Conferência Mundial Sobre o Clima (COP 21) – evento ocorrido em dezembro de 2015, em Paris, e no qual os líderes mundiais pactuaram as principais ações para tentar frear as emissões de gases do efeito estufa e, assim, combater as mudanças climáticas.

“O único medo justificado hoje é aquele que pode vir [da preocupação] com o futuro do planeta", escreveu Hollande, hoje (16), em sua conta pessoal no Twitter. Horas antes, o mandatário francês já tinha postado no microblog um texto em que afirma que “o acordo de Paris é irreversível” e que “a inação seria desastrosa para o mundo".

Durante o discurso que fez ontem (15) na Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP 22), em Marrakech, no Marrocos, Hollande chegou a cobrar os Estados Unidos a respeitarem os compromissos assumidos em Paris, no final do ano passado.

"Os Estados Unidos devem respeitar os compromissos [globais] assumidos anteriormente", cobrou Hollande, em um discurso interpretado como um recado ao presidente recém-eleito dos EUA, Donald Trump.

Os termos do acordo do clima fechado durante a COP 21 vinham sendo debatidos desde a chamada Conferência do Rio de Janeiro (ECO 92). Ratificado por 195 países, o acordo entrou em vigor em 12 de dezembro, com o objetivo de tentar impedir que a elevação da temperatura média do planeta atinja 2ºC.

Desde o último dia 7, centenas de delegações e líderes mundiais estão em Marrakech para debater a implementação do acordo, debatendo os planos nacionais: como eles serão implementados e o acesso dos países em desenvolvimento a linhas de financiamento e a apoio técnico-científico, como a transferência de tecnologias. A COP 22 segue até a próxima sexta-feira (18).

Edição: Maria Claudia

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
 senador Marcos Rogério (DEM-RO)
Política

Senado  ratifica o Protocolo de Nagoia no Brasil

Documento aprovado no Senado regulamenta o acesso e a repartição de benefícios dos recursos genéticos da biodiversidade. O texto segue para promulgação.

Live da Semana - Presidente Jair Bolsonaro - 06/08/2020
Política

Pazuello diz que estados estão mais preparados para enfrentar pandemia

Ministro interino da Saúde participou de live ao lado do presidente. Mudança de protocolo do ministério foi um dos fatores que deixou estados mais preparados.

A cúpula  maior, voltada para cima, abriga o Plenário da Câmara dos Deputados.
Política

Senado aprova redução de prazos para revalidação de diplomas

O PL prevê a revalidação em prazo entre 30 e 60 dias no caso de instituições estrangeiras reconhecidas pelo Ministério da Educação e contam com um processo simplificado. 

Escola fechada por cinco dias após relatos de coronavírus.
Justiça

Justiça suspende retorno das aulas presenciais na rede privada do DF

A retomada foi autorizada na terça-feira pela primeira instância após outra decisão que a proibiu. Algumas escolas chegaram a retomar as atividades nesta quinta-feira.

Saúde

Ministério da Saúde monitora síndrome em crianças associada à covid-19

Síndrome inflamatória multissistêmica ocorre em crianças de 7 meses a 16 anos. Até agora, foram notificados 71 casos no Brasil e registradas três mortes.

Incêndio no Parque Nacional da Serra dos Órgãos (Divulgação/Parnaso)
Geral

Bombeiros combatem fogo na Serra dos Órgãos pelo terceiro dia seguido

Criado em 1939, o Parnaso é o terceiro parque mais antigo do país e costuma ser procurado para prática de esportes de montanha, como escalada, caminhada e rapel.