Comandante de unidade da PM no Rio morre vítima de atentado

Publicado em 26/10/2017 - 14:18 Por Douglas Corrêa - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

O comandante do 3º Batalhão da Polícia Militar, localizado no bairro do Méier, zona norte do Rio, foi atacado a tiros por criminosos quando passava pela Rua Hermengarda, que dá acesso ao bairro do Lins de Vasconcelos. A área do batalhão do Méier é cercada por 44 favelas. O carro do coronel Luiz Gustavo Teixeira, descaracterizado, foi atingido por dezenas de tiros, quando ele viajava no banco do carona ao lado do motorista da unidade militar.

 PM do Rio de Janeiro.

O coronel Luiz Gustavo Teixeira, comandante do 3º Batalhão da PM no Méier, foi assassinado no Rio.PM do Rio de Janeiro/Divulgação

O oficial ainda foi levado às pressas para o Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, mas não resistiu aos ferimentos. Ainda não há informações se o policial que dirigia o carro também foi ferido na ação. A Polícia Militar considera este crime um atentado à corporação.

Em nota, o comandante geral da Polícia Militar, coronel Wolney Dias Ferreira, lamentou a morte do coronel Luiz Gustavo Teixeira. O coronel Teixeira, de 48 anos idade, estava há 26 anos na PM, e à frente do 3ºBPM (Méier) há um ano meio. O coronel deixa mulher e dois filhos.

* Texto atualizado às 14h46 para acréscimo de informações





Edição: Fernando Fraga

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias