Espanha e Rússia vão empatando em Moscou

Publicado em 01/07/2018 - 12:00 Por Aécio Amado - Repórter da Agência Brasil - Brasília

Espanha e Rússia vão empatando em 1 a 1 em Moscou. O jogo começou no Estádio Luzhnik, com a seleção espanhola no seu estilo de jogo de pressionar a saída de bola do time adversário. A maioria dos jogadores espanhóis ficou grande parte do primeiro tempo posicionada no campo russo. Apesar da posição mais ofensiva da Espanha, foram os russos que chegaram primeiro ao gol espanhol, com uma jogada de Golovin pela direita.

Com os seus jogadores todos atrás, a Rússia buscou sempre as jogadas de contra-ataque, tendo sucesso em algumas delas, mas o último passe era sempre interceptado pela defesa da Espanha. Mas, aos 11 minutos, numa falta cobrada pela direita a bola bateu no zagueiro Ignashevich e entrou no gol de Akinfeev, fazendo 1 a 0 para a equipe espanhola.

Copa 2018: Espanha e Rússia. Artem Dzyuba, da Rússia, marca o primeiro gol de pênalti da equipe.
Copa 2018: Espanha e Rússia. Artem Dzyuba, da Rússia, marca o gol de empate de pênalti. - Maxim Shemetov/Reuters/Direitos reservados

O gol mudou um pouco o ritmo do jogo, com a Espanha tocando mais a bola no meio de campo, esperando uma brecha na defesa russa que, mesmo com um gol atrás, manteve o estilo defensivo. Com algumas jogadas pontuais pelo lado direito, em lances feitos pelo brasileiro naturalizado russo, Mário Fernandes, a Rússia chegava a oferecer perigo ao goleiro De Gea.

Dos 20 aos 30 minutos do primeiro tempo, o panorama do jogo permaneceu o mesmo: Espanha tocando a bola no meio de campo e a Rússia esperando um erro para sair em contra-ataque, sempre pelo lado direito. A esta altura, os espanhóis pareciam acomodados com o resultado de 1 a 0 e pouco atacavam.

Aos 35 minutos, quase que a Rússia empatou com Golovin, numa jogada errada da defesa da Espanha pela esquerda do ataque russo. O meia avançou bateu colocado com perigo para o gol de De Gea. De tanto tentar, a seleção russa consegue um pênalti, aos 40 minutos, em um cruzamento na área a bola bateu no braço de Piqué. Dzyuba cobrou no canto esquerdo de De Gea e empatou a partida.

Com o empate, a Espanha abandonou o toque de bola no meio de campo e passou a atacar mais. Aos 46 minutos chegou a ter uma chance de fazer 2 a 1 com Diego Costa, mas a bola passou perigosamente na frente da meta defendida por Akinfeev. Logo depois o árbitro holandês Bjorn Kuipers apitou o fim do primeiro tempo.

 

Edição: Aécio Amado

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias