Baixo nível técnico de adversários na Copa América é teoria, diz Tite

Brasil não pode esperar facilidade diante de Bolívia, Venezuela e Peru

Publicado em 25/01/2019 - 06:14 Por Léo Rodrigues - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

O técnico da seleção brasileira Tite disse que o Brasil não pode esperar facilidade diante de Bolívia e Venezuela, adversários da primeira fase da Copa América. As duas seleções terminaram as eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2018 nas últimas posições.

Para o treinador do Brasil, no entanto, estamos em um período de transição e novos jogadores estão sendo convocados, o que reforça a necessidade de buscar informações mais precisas. "Eliminatórias terminando e Copa do Mundo terminando, normalmente há uma reciclagem, assim como há no Brasil. Novos nomes surgem", avaliou ele após a cerimônia de sorteio dos grupos realizada na noite dessa quinta-feira (23) pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol).

Além de Brasil, Bolívia e Venezuela, o grupo A conta ainda com a seleção peruana. "Claro que Bolívia e Venezuela não estão bem ranqueadas. Elas terminaram em 9º e 10º [nas eliminatórias]. Teoricamente, elas não têm o mesmo nível técnico que o Peru. Mas isso não quer dizer que dentro de campo, no jogo, possa gerar uma facilidade maior", afirmou Tite.

A 46ª Copa América ocorrerá entre 14 de junho e 7 de julho e reúne 10 seleções sul-americanas, além de Japão e Catar, convidados pela Conmebol. O Brasil sediará a competição. Haverá jogos em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre e Salvador.

Pressão

Tite minimizou a cobrança por vitória em uma competição jogando em casa. "A pressão eu tive no primeiro jogo quando eu comecei como técnico". Segundo ele, a seleção brasileira tem como obrigação apresentar seu melhor futebol, sendo o título uma consequência. "Eu, como treinador, tenho a obrigação de representar e de ser digno, ser um cara correto, transparente", acrescentou.

O treinador tratou ainda da situação de Neymar. Nessa quarta-feira (23), com dores após torcer o pé direito em uma dividida, o atacante abandonou uma partida na França entre seu clube PSG e o Strasbourg. Segundo Tite, a real extensão do problema só deve ser conhecida nos próximos três dias.

O técnico da Bolívia, Eduardo Villegas, acredita numa classificação. Sua seleção será a primeira adversária do Brasil, em partida agendada para às 21h30 do dia 14 de junho, no Morumbi, em São Paulo. "É um privilégio estrear contra o anfitrião. Sabemos que vai ser difícil, mas acredito que podemos nos classificar."

Edição: Talita Cavalcante

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Fachada do edifício sede do Supremo Tribunal Federal - STF
Geral

STF: teto constitucional incide sobre soma de pensão e aposentadoria

Com a decisão, o valor dos ganhos não pode ultrapassar R$ 39,2 mil, valor do salário dos ministros da Corte, que foi definido pela Constituição como teto.

Supermercado na zona sul do Rio de Janeiro
Economia

Custo da cesta básica caiu em 13 capitais no mês de julho, diz Dieese

 Por conta da pandemia, o Dieese suspendeu a coleta presencial de preços e começou a coletar os preços por meio de telefone, aplicativos de entrega, email e consultas na internet.

Governo de São Paulo inicia testes com vacina contra o novo coronavírus.
Saúde

Hospital das Clínicas de Campinas começa testes de vacina contra covid

O Instituto Butantan deve concluir em outubro ou novembro os testes com cerca de 9 mil voluntários em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Paraná.

Agente penitenciário
Geral

Agentes prisionais tiveram saúde mental abalada na pandemia

Pesquisa da Fundação Getúlio Vargas coletou informações sobre a percepção dos profissionais sobre impactos da pandemia no trabalho, no bem-estar e nas relações com os presos.

Poupança
Economia

Captação da poupança bate recorde para meses de julho

Depósitos na caderneta superaram saques em R$ 27,14 bilhões no mês passado. Nos sete primeiros meses do ano, captação acumulada chega a R$ 111,58 bilhões.

Justiça

Órgãos assinam termo de cooperação sobre acordos de leniência

O TCU passa a participar das negociações conduzidas pela CGU, AGU e MPF na celebração de acordos de leniência com empresas acusadas de desviar recursos públicos.